Saúde através do Intestino | Gut Healthy

Não
é propriamente o assunto mais giro ou trendy para falar aqui mas é um assunto
que considero importante e que quero falar convosco. Não interessa quão cuidada
é a vossa alimentação ou quantas aulas de ginásio frequentam, se o vosso
intestino não estiver a funcionar bem, nada funcionará. O intestino é o local
onde absorvemos nutrientes, onde metabolizamos gorduras, onde se encontra
grande parte da nossa flora bacteriana. Todos os dias o nosso intestino tem a
função de processar alimentos que lhe chegam, absorver o que interessa,
eliminar o que não interessa e, com a ajuda das bactérias, digerir fibras e
formar fezes. Se existir um desequilíbrio na função intestinal ou na flora
bacteriana intestinal podem surgir problemas como flatulência, distensão abdominal,
enfartamento, pele baça, dores de cabeça, cansaço, acumulação de colesterol ou
mesmo dificuldade em emagrecer (passando a publicidade, se ainda não leram o
livro “A vida secreta dos intestinos” de Giulia Enders leiam, está super
interessante). Por isso aqui ficam algumas curiosidades que devem saber
relativamente ao vosso intestino. Se ainda não o puseram a funcionar bem, está
na altura:

  • Pessoas
    com uma boa função intestinal não têm tantos desejos alimentares.
    Um excesso de
    “más” bactérias na flora intestinal está relacionado com um aumento de vontade de
    consumir alimentos que originarão uma grande quantidade de açúcar no sangue
    (ex: pão, batata, massa, arroz, cereais, bolachas, bolos, chocolate ou o açúcar
    propriamente dito). Isto porque as bactérias se alimentam desse mesmo açúcar e
    aproveitam que este baixa o pH sanguíneo para se reproduzirem e sobrevivem no
    organismo.
  • A
    flatulência e a distensão abdominal denunciam um desequilíbrio da flora
    intestinal.
    As “más” bactérias alimentam-se das fibras e dos açúcares e
    produzem gases durante esse processo que provocam cólicas, flatulência
    excessiva e distensão abdominal após as refeições.
  • Se
    o seu intestino não estiver equilibrado é provável que sofra de prisão de
    ventre.
    Síndrome do cólon irritável, diarreia ou obstipação podem ser sintomas
    de desequilíbrios na flora bacteriana intestinal. Esta ajuda a controlar a
    mobilidade intestinal e permite a passagem de nutrientes no trato digestivo. Se
    a mobilidade for muito lenta ou muito rápida podem acontecer desarranjos
    intestinal que nos deixam com uma sensação de mau estar e podem causar
    malabsorção de nutrientes.
  • Tomar
    probioticos ocasionalmente pode ajudar a melhorar a função digestiva e a
    diminuir os níveis de stress.
    Os probioticos colonizam o intestino e reforçam o
    nosso sistema imunitário diminuindo a probabilidade de inflamação, propagação
    de fungos e bactérias e stress fisiológico.
  • Cerca
    de 70% do sistema imunitário concentra-se no intestino.
    Se o nosso intestino
    estiver equilibrado estamos menos sujeitos a constipar-nos ou a termos uma infecção.
    O nosso organismo fica mais forte e combate facilmente o aparecimento de
    problemas como herpes ou infecções urinárias.
  • Se
    o nosso intestino funcionar mal, podemos acumular mais gordura corporal.
    Como
    vimos as más bactérias alimentam-se de açúcares e debilitam o sistema
    imunitário. Isto faz com que a nossa barreira intestinal fique mais frágil,
    temos maior probabilidade de inflamação e de absorver gorduras que, noutras
    circunstâncias, seriam eliminadas pelas fezes.

Então, depois de tudo isto, onde é que vamos buscar estes
probioticos?
  • Aos alimentos fermentados (queijo fresco, iogurte, miso, tofu,
    seitan, chucrute)
  • A suplementos alimentares á base de fermentos lácteos
E como é que eliminamos estas más bactérias do nosso intestino?
Através de uma alimentação rica em funcho que contém estragol, uma
substância que detecta as bactérias e as consegue matar. O chá de funcho também
pode funcionar, desde que seja tomado regularmente.

Como é que ajudo o meu intestino a funcionar correctamente e a
evitar a formação de más bactérias?
Fazendo uma alimentação rica em fibras solúveis e insolúveis:
  • Cereais integrais
  • Ameixa
  • Quiwi
  • Figo
  • Tamaringo
  • Ruibarbo
  • Vegetais crucíferos (couve, couve-flor, brócolos)
It is not
exactly the cutest or trendiest topic to talk here but it is a subject that I
consider important and I want to talk with you. No matter how careful is your
diet or how many gym classes you attend, if your gut is not working well,
nothing will work. The gut is where we absorb nutrients, which metabolize fats,
where much of our bacterial flora. Every day our intestine serves to process
foods that reach it, absorb what interests, eliminate what does not and, with
the help of bacteria, digest fibers and form stool. If there is an imbalance in
the intestinal function or the intestinal bacterial flora may arise problems
such as bloating, abdominal distension, bloating, dull skin, headache, fatigue,
accumulation of cholesterol or even difficulty in slimming down (if you may
read the book “The Secret Life of the bowels” of Giulia Enders read,
is super interesting). So here are a few quirks that you must know regarding to
your gut. If they don’t  work well, it’s
time:
  • People with
    a good bowel function does not have as many food cravings.
    An excess of
    “bad” bacteria in the gut is associated with increased desire to
    consume food that result in a large amount of sugar in the blood (eg, bread,
    potatoes, pasta, rice, cereals, biscuits, pastries, chocolate or sugar itself).
    This is because the bacteria feed on sugar and take advantage of that this
    lowers the blood pH to reproduce and survive in the body.
  • Flatulence
    and bloating expose an imbalance in the intestinal flora.
    The “bad”
    bacteria feed on the sugars and fibers and gases produced during this process
    that cause cramps, excessive flatulence and bloating after meals.
  • If your gut
    is not balanced it is likely to suffer from constipation.
    Irritable bowel
    syndrome, diarrhea or constipation can be symptoms of imbalance in the
    intestinal bacterial flora. This helps to control intestinal motility and
    allows the passage of nutrients in the digestive tract. If mobility is too slow
    or too fast can happen intestinal disorders that leave us with a bad feeling to
    be and can cause malabsorption of nutrients.
  • Occasionally
    take probiotics can help improve digestive function and reduce stress levels.

    The probiotics colonize the intestine and strengthen the body’s immune system,
    decreasing the likelihood of inflammation, propagation of fungi and bacteria
    and physiological stress.
  • About 70%
    of the immune system focuses the intestine.
    If our gut is balanced we are less
    likely to constipate us or have an infection. Our body gets stronger and easily
    combat the emergence of problems such as herpes or urinary infections.
  • If our gut
    malfunction, you can accumulate more body fat.
    As we saw the bad bacteria feed
    on sugars and weaken the immune system. This makes our intestinal barrier more
    fragile, we have a higher probability of ignition and of absorbing fats which,
    under other circumstances, be eliminated in feces.


So after
all this, where do we get these probiotics?
  • The
    fermented foods (fresh cheese, yogurt, miso, tofu, seitan, chucrute)
  • Food
    Suplements

And how do
we eliminate these bad bacteria in our gut?
Through a
diet rich in fennel containing estragole, a substance that detects bad bacteria
and  kill them. Fennel tea can also work,
provided it is taken regularly. 
How do I
help my gut functioning properly and prevent the formation of bad bacteria?
Making a
diet rich in soluble and insoluble fiber:
  • Whole grains
  • Plum
  • Quiwi
  • Fig
  • Tamaringo
  • Rhubarb
  • Cruciferous
    vegetables (cabbage, cauliflower, broccoli)
Pictures from tumblr

0 Comentários

Deixar Comentário