Sumos vs Batidos

Se costuma seguir o blog já deve ter percebido que sou uma fã de começar o dia com sumos e batidos bem coloridos e muito energéticos. Como vou ao ginásio de manhã, costumo ter muita fome até à hora de almoço e, por isso, os sumos ou batidos pós treino são um excelente pequeno almoço para mim e deixam-se saciada durante algumas horas sem me sentir pesada. A quantidade que bebo varia muito mas de uma forma geral ronda os 400 a 500ml (quase 2 copos cheios). Por isso no post de hoje aproveito para vos explicar um pouco a diferença entre os dois. 

Sumos
Ao fazer um sumo, eliminamos praticamente as fibras dos legumes e das frutas utilizados, isto permite que a água, os fitonutrientes, as vitaminas e os minerais fiquem no sumo e que a sua absorção pelo organismo seja muito mais rápida. 

Mas afinal não precisamos da fibra? Claro que sim, e se fizermos uma alimentação rica em cereais integrais, fruta e fibra conseguimos, de certeza, ingerir muita fibra. No entanto, para quem tem problemas digestivos como síndrome do colon irritável, barriga distendida ou inchada, doença de chron, etc... Os sumos são uma boa forma de obter todos os nutrientes benéficos da fruta e dos legumes. 

Para fazer um sumo verdadeiramente precisamos de uma máquina centrifugadora que separe o sumo das fibras.


Batidos
Os batidos, por outro lado, são uma mistura de vários ingredientes em que se aproveita tudo (como uma sopa). Nestes conseguimos obter a fibra além dos nutrientes o que permite uma digestão mais lenta, menor estimulação da produção de insulina e uma sensação de saciedade mais prolongada (importante para quem pretende perder peso, para diabéticos ou para quem tem que vigiar os níveis de açúcar no sangue).

Os batidos podem ser feitos num copo misturador e não requerem máquinas muito especializadas.


Resumindo, a minha rotina costuma ser a seguinte, se fizer um batido este serve como pequeno almoço completo e uso 2 peças de fruta + 1 legume + 250ml de uma bebida vegetal + super alimento que combinar melhor :) (costumo usar, açaí, lucuma, baobab, maca, guaraná, spirulina, clorela, enfim o que tiver em casa e que me estiver a apetecer mais ou que eu precisar pela sua função nutricional).

Se fizer um sumo uso normalmente só a fruta ou os legumes e não junto mais nada (não precisa de água porque só a água dos ingredientes é que é extraída para o sumo). E se este sumo for para o pequeno-almoço, como tem uma digestão mais rápida, combino-o com outros alimentos como uma granola com bebida vegetal ou uma fatia de pão integral com creme de tofu/compota sem açúcar, por exemplo.


Já muitas pessoas me perguntaram que tipo de máquina uso para fazer os sumos e batidos e, passando a publicidade, o robot que comprei foi um Kenwood Food Processo FP 270, que além de muitas outras funcionalidades, tem a centrifugadora que preciso para os sumos e o copo que preciso para os batidos. Até agora estou super satisfeita com o resultado, os sumos ficam muito fresquinhos e a lamina dos batidos é bastante forte (não fico com bocados de fruta ou legumes no meu batido).


Espero que tenha ajudado e que se tornem tão fãs desta forma saudável de começar o dia como eu :)



Sem comentários:

Enviar um comentário