Como fazer com que os pequeninos comam saudável

São inúmeros os desafios de fazer com que as crianças se habituem e, sobretudo, que gostem, de ter uma alimentação mais saudável e equilibrada sem estarem sempre a pedir hamburgueres, pizzas, refigerantes gomas e chocolates. No entanto, existem algumas medidas que podemos tentar adotar para que esta tarefa fique facilitada. Aqui ficam as minhas sugestões:

1. Dar o exemplo

As crianças aprendem muito com o que vêm e olham para os pais como exemplo, por isso, ter uma alimentação saudável e um estilo de vida ativo faz com que as crianças sintam que esse é o comportamento normal e adequado e levá-las-á a comportarem-se de forma semelhante.

2. Levar as crianças para a cozinha

Temos muito a tendência de querer mimar preparando tudo ou de achar que cozinhar não será uma boa tarefa para fazer com as crianças. Há inclusivamente adultos na faculdade que não fazem ideia como cozinhar porque os pais nunca os ensinaram como se fazia. Levar as crianças para a cozinha e ambientá-las à despensa, aos alimentos, à forma de cozinhar e aos utensílios faz com que elas se sintam mais confortáveis e mais próximas da cozinha e da alimentação. 

A partir dos 5 anos, mais ou menos, as crianças já conseguem participar ativamente na preparação de refeições com tarefas que não incluam cortes. Pode pedir-lhes, por exemplo, para controlarem a batedeira enquanto fazem bolos, para verterem a massa para as formas, para tirarem colheres de massa de bolachas e arrumarem no tabuleiro, para formarem bolinhas e fazerem almôndegas, para montarem as sandes da escola, entre muitas outras tarefas.

3. Encorajar a brincadeira

É certo e sabido que as crianças adoram brincar com os alimentos. Em vez de desencorajarmos este comportamento, devemos entrar na brincadeira e montar-lhes pratos divertidos e com muita cor. Faça carinhas, conte histórias e divirta-se com as crianças.

4. Envolver as crianças nas tarefas

Leve os seus filhos às compras. Muitas crianças chegam à escola sem saberem identificar os diferentes alimentos. É importante levarmo-los ao mercado, mostrar-lhes como são os legumes e a fruta, os peixes inteiros, os cortes de carne e todo o mundo de alimentos que se encontra à volta deles. 


5. Ter paciência

Evite castigar os seus filhos quando eles não querem comer a sopa ou premiá-los com chocolates quando a comem toda. A relação das crianças com a comida saudável dever ser boa e não associada a castigos ou prémios. Explique-lhes a importância da sopa, faça a sopa com eles, coma a sopa com eles e leve-os a perceber que a sopa é essencial. Com o tempo verá que a sopa já fará naturalmente parte da refeição :)

Sem comentários:

Enviar um comentário