Algas, os novos vegetais do momento

 
Algas como nori e agar-agar são, cada vez mais conhecidas e consumidas nos dias de hoje. Por isso, hoje resolvi escrever-vos sobre algumas algas e algumas preocupações que alguns de vocês têm e sobre as quais me questionam.

O que é que podemos encontrar nas algas?

Ácidos gordos ómega 3,  DHA e EPA, importantíssimos para a prevenção de doenças cardiovasculares, manutenção de uma boa função cognitiva e estabilização do humor.

Ferro, essencial para a produção de glóbulos vermelhos e para o funcionamento enzimático.

Cálcio, para a formação de ossos e dentes e para a manutenção dos sistemas nervoso e muscular.

Vitamina A, essencial para a saúde da pele, olhos e pulmões.

Vitamina E, excelente antioxidante.

Vitamina C, antioxidante essencial para prevenir o envelhecimento da pele e reforçar o sistema imunitário.


Vitaminas B1 e B2, que contribuem para o normal funcionamento do metabolismo e ajudam a estabilizar a função nervosa.

Carotenos, nomeadamente clorofila, que atuam como antioxidantes.

Fibras, que ajudam ao bom funcionamento intestinal e contribuem para a sensação de saciedade.

Benefícios para a saúde aos quais as algas são associadas:

  • Melhoria da Saúde digestiva
  • Prevenção da obesidade
  • Melhoria da Saúde dentária
  • Anticoagulante
  • Melhoria da Circulação sanguínea
  • Prevenção da gripe
  • Prevenção do envelhecimento da pele, do cabelo e dos olhos
  • Proteção cardiovascular
  • Desintoxicação do fígado

Podem ter alguma contra-indicação?

Algumas algas são ricas em iodo, que é essencial para a produção de hormonas tiroideias, dos glóbulos vermelhos e para o metabolismo enzimático. No entanto, para pessoas que sofram de algum desequilibro na função da tiroide, nomeadamente hipertiroidismo, esta ingestão pode ser prejudicial. Neste caso, o ideal será consultar sempre o nutricionista para ter a certeza do que é indicado ou não.

É importante certificar-se da origem das algas. Para usufruir destes benefícios sem ingerir toxinas marinhas em grande quantidade, é importante ver se as algas não provêm de regiões poluidas em metais pesados.


Algas comuns:

Wakamé: 
  • folha verde escura, encaracolada e com um sabor adocicado,
  • rica em ácido fólico e fibra,
  • fica bem com miso ou salteada com outros legumes
Agar-agar
  • extrato branco que se encontra sobretudo em fios, flocos ou barra, 
  • ajuda a espessar e gelificar alimentos,
  • pode ser usada como gelatina ou espessante de molhos, 
Noki
  • folhas finas de cor verde ou arroxeada e sabor a peixe, 
  • usada, geralmente, para fazer sushi,
  • favorece a digestão e ativa a circulação sanguínea

Kombu
  • de cor escura
  • é ideal para cozinhar com leguminosas ou para as juntar à sua água quando estão demolhadas pois ajuda a digerir a sua fibra tornando-as mais fáceis de digerir pelo organismo,
  • fica bem em sopas e caldos.

Hizilki
  • alga muito fina de cor escura 
  • muito mais rica em cálcio que o leite de vaca.

Sem comentários:

Enviar um comentário