Março 2017

A propósito da conversa sobre alimentação para a felicidade, hoje deixo-vos uma receita que, não só enche o olho, como enche a alma. É uma das minhas confort food e adoro a mistura de sabores tão saudável e funcional. Têm mesmo que experimentar!  Salada de salmão com arroz selvagem e vinagrete de clorela Para 4 pessoas Declaração nutricional aproximada por pessoa: 473 Kcal; 18.3g de HC; 33.5g de Lípidos, 11.7g de Proteínas Ingredientes Base da Salada 1 chávena de arroz selvagem 1 beterraba ralada 400g de brócolos 200g de couve chinesa 1 maçã 4 lombos de salmão Sementes de canhâmo Vinagrete de clorela 2 colheres de sopa de azeite 2 colheres de sobremesa de sumo de limão 1 colher de chá de mostarda 1 colher de chá de mel ou

Quando penso em alimentação para a felicidade a resposta é fácil! Nutellaaaaaaaa!!!!! Não, nem chocolate, nem pizza, nem pão com chouriço :) Apesar de estes alimentos nos poderem dar muito prazer momentâneo não contribuem para o nosso bem estar geral a longo prazo.  A alimentação que contribui para a nossa felicidade, como tudo na vida, deve ser equilibrada, completa e variada. Para nos sentirmos bem precisamos de alguns nutrientes essenciais, nomeadamente: Proteínas As proteínas contêm diversos aminoácidos, entre eles, o triptofano que ajuda à produção de serotonina (neurotransmissor que ajuda a controlar o bem estar). Consumir proteínas de boa qualidade, em todas as refeições, ajuda-nos a mantermos o bom humor ao longo

E há melhor forma de começar o dia que com uma taça de papa de aveia cheia de fruta, sementes e nutrientes? Eu adoro pequenos-almoços e digo-vos que este, depois de um treino matinal, me sabe maravilhosamente!! Além disso é super fácil de fazer e podem preparar de véspera. A aveia é um cereal proteico que podem encontrar facilmente no mercado numa versão sem glúten (pessoalmente prefiro porque consigo digerir melhor) e que nos confere uma boa sensação de saciedade. Bastam 4 colheres de sopa deste cereal para fazer um pequeno-almoço equilibrado e saudável! Papa de aveia com maçã e morango Ingredientes 4 colheres de

Hoje trago-vos mais uma receita deliciosa a propósito do meu livro novo Superalimentos - refeições com mais vida (se ainda não leram têm que o ir espreitar, está mesmo lindinho :) ) Peguei na receita da Marta e adaptei-a um bocadinho ao meu gosto para ficar mesmo sem glúten. E o resultado foi tãoooo bom!! Estou fã deste pão tão rápido e saudável. Não há mais barrigas inchadas ao pequeno-almoço! Nesta receita vamos usar quinoa que é um pseudo-cereal, isto porque não pertence à família dos cereais mas sim à dos espinafres e das beterrabas. Originaria dos Andes, era consumida pelos incas já

Fazer exercício físico é fantástico mas causa um grande stress oxidativo. Além disso, como trabalho muito em ambientes de ar condicionado e não durmo tantas horas como gostaria, vou-me sendindo mais cansada e que a minha pele não fique tão bonita e brilhante. Por isso acho importantíssimo incluir superalimentos na minha alimentação e ir buscar sempre boas fontes de antioxidantes como os mirtilos e os cereais integrais que me protejam dessa degeneração celular e permitam uma recuperação das células. A receita de hoje é um bom exemplo de como podemos integrar esses superalimentos num pequeno-almoço super nutritivo, fácil de preparar e

 Mais uma receita excelente para um jantar light! Podem usar os legumes que mais gostarem, basta serem criativos com o espiralizador :) Esparguete de legumes no forno Para cerca de 4 pessoas (Fotos e Receita adaptada de Fit foodie Finds) Ingredientes 2 cenouras 2 curgetes 1 cebola Alecrim Pimenta Sal Azeite Preparação Pré-aqueça o forno a 200ºC. Descasque os legumes e corte-os no espiralizador em formato esparguete. Coloque-os numa taça, polvilhe com um fio de azeite, alecrim, pimenta e sal. Misture tudo. Coloque num tabuleiro de ir ao forno forrado com papel vegetal. Asse durante 10 minutos a 180ºC. Sirva bem quentinho como acompanhamento de um prato de carne ou peixe.

Adoro fazer lanchinhos saciantes, nutritivos e com muita cor. Este é um deles. Super fácil, prático e não dá trabalho nenhum. Podem fazê-lo de véspera num frasco, fecham e basta juntarem fruta quando forem comer. Têm mesmo que experimentar! A propósito do meu novo livro, Superalimentos - refeições com mais vida ( está tão lindo!! vão amar!!), a receita de hoje é feita com um dos meus superalimentos preferidos, o Matcha. Há milhares de anos que o Matcha é consumido no Japão e integrado como ingrediente em diversas receitas. Os monges bebiam-no para ajudar a prática da meditação mantendo-se alerta mas calmos. Isto

O post de hoje tem uma receita e uma leitura recomendada :) Quando chega esta altura de muito frio tenho sempre a mesma preocupação com a pele. Começa a ficar muito sensível e com alguma irritação na zona dos olhos. Como tenho pele mista é me super difícil chegar ao tratamento ideal e como estou constantemente exposta a ambientes de ar condicionado parece que isso ainda piora.  A agravar tudo isto noto que o treino mais intenso me faz precisar de maior hidratação. Por isso, tenho andado a estudar algumas linhas de cuidado da pele que me possam ajudar. Há algum tempo

ENTRETANTO NA NiT