5 alimentos imprescindíveis para a alimentação dos miúdos no outono

Enquanto mãe e nutricionista procuro dar a melhor alimentação à minha família. E como é que faço isso? Tentando dar-lhes sempre os produtos frescos da época, ou seja, os hortícolas e fruta da estação que são mais ricos nos nutrientes que eles vão precisar nessa altura do ano.

Para além disso, se repararem são mais em conta para a nossa carteira. Quando se está a gerir um orçamento familiar é um ponto a favor!

No entanto, as crianças coseguem trazer sempre novos desafios aos pais no que toca à alimentação. Ou não querem experimentar os alimentos, ou dizem que não gostam sem experimentarem ou simplesmente não acham grande piada à forma como lhes apresentamos os mesmos.

Assim, decidi reunir algumas receitas fáceis, que podem incluir no vosso dia-a-dia em família, com os meus 5 alimentos imprescindíveis para este outono-inverno:

  • Abóbora:tem baixo valor energético. Para além de ser uma fonte de fibra contém diferentes tipos de antioxidantes.

Experimentem este pão de abóbora e pepitas de chocolate que fiz ou a minha receita de almofadinhas de carne e legumes caseiras. O primeiro é ótimo para pequeno-almoço ou snack e o segundo pode ser incluído na lacheira à hora de almoço. Qualquer um dos dois dá para fazer a mais e congelar! Aproveitem as sementes de abóbora como um snack fonte de proteína vegetal e com alto teor de fibra, magnésio, postássio e zinco. Basta lavar, secar e tostar no forno.

  • Batata doce:é uma execelente fonte de vitamina A e fibra.

Que tal uma receita básica de sopa de batata doce, couve-flor e curcuma para os dias mais frios? Como o sabor base é doce os miúdos adoram. Esta sopa também é um autêntico reforço do sistema imunitário devido à curcuma. É sempre divertido fazer sopa, porque normalmente tenho o Francisco ou o Vicente a ajudarem-me a colocar os ingredientes na panela. Vejam a receita na minha página.

Se têm uma festa ou jantar e gostavam de fazer uma sobremesa deliciosa e rápida mas sem culpa, que tal este mousse de batata-doce, cacau e amendoim? É de babar!

  • Castanha:é rica em fibra e ácido fólico. Também é fonte de potássio, tiamina e de vitaminas B6 e C.

Tanto o Fracisco como o Vicente torcem um bocado o nariz às castanhas simplesmente assadas (que eu adoro!). Então, tive que procurar alternativas e encontrei esta receita de smoothie que me pareceu ma-ra-vi-lho-sa.

Também achei que um hummus de castanha tal como está aqui, apesar de não incluirmos tanto na nossa rotina, é uma ótima ideia que até podem oferecer de presente de Natal.

  • Romã:é rica em fibra e uma excelente fonte de vitamina C que reforça o nosso sistema imunitário.

Apesar de terem muito sucesso lá em casa, achei que ficava mesmo bem num parfait de pequeno-almoço com iogurte grego, granola e sementes. É a garantia de que todos lá em casa começam o dia com muitos nutrientes e energia boa!

Mas como sou gulosa não vou conseguir resistir e não testar esta receita super fácil de chocolate com romã e amêndoa.

  • Dióspiro:é uma fonte de fibra e de vitamina A.

Confesso que dióspiros são a minha perdição. No ano passado o Vicente também gostava, mas este ano achou melhor mudar de opinião. Nada que um smoothie de dióspiro e pêra com canela não mude.

Já repararam no ponto nutricional comum em todos estes alimentos? São todos fonte de fibra, portanto vão atuar na regulação do trânsito intestinal e consequentemente estimular o sistema imunitário!

Espero que experimentem todas receitas e partilhem os resutados comigo. Vou adorar ver as vossas criações e trocar sugestões  convosco!

Este artigo foi escrito pela Marta Magriço, da equipa Loveat. Cliquem aqui para ficarem a conhecer melhor o trabalho da Marta.

0 Comentários

Deixar Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.