4 dicas simples para preparar as refeições da semana de forma fácil

  • Limpe e organize a cozinha

Comece por arrumar a dispensa, o frigorifico e o congelador. Faça um inventário do que tem em casa e escreva uma lista para que seja mais fácil perceber o que está a ficar com um prazo mais apertado e deve ser consumido primeiro. Fazer inventários mensais torna as compras muito mais simples, e fá-lo lembrar-se de alguns ingredientes que podem ter ficado mais escondidos como ervas aromáticas, especiarias ou legumes congelados.

Arrumar e Organizar a bancada da cozinha por forma a ter espaços limpos e vazios para preparar as suas refeições com calma é outro passo básico. E o mesmo deve acontecer com os seus recipientes. Aposte em caixas para arrumar que sejam de vidro transparente e compre uma boa caneta de giz para que possa identificar rapidamente o que está em cada caixa no frigorifico e no congelador.

 

  • Tenha tudo o que precisa na cozinha

Seja um bom robot de cozinha que faz de quase tudo ou alguns instrumentos básicos como picadores, raladores ou liquidificadores, os essenciais devem estar sempre á mão. O mesmo deverá acontecer com as suas boas facas de corte e afiadores, os descascadores de legumes, as espátulas e pinças ou as colheres de pau. Os seus utensílios mais usados devem estar á vista ou com acesso muito fácil para simplificar a preparação das suas refeições.

  • Escolha as receitas

Se costuma cozinhar a maioria das refeições da semana em casa, uma das melhores dicas é pensar exatamente no que vai cozinhar e planear as receitas para cada dia. Aposte em 2 ou 3 pratos simples que sirvam para aproveitar restos de outras receitas ou que combinem com outros acompanhamentos que já tenha feito, por exemplo. Se fizer uma quinoa salteada com passas e amêndoas para acompanhar um prato de carne assada, pode aproveitá-la para fazer uma salada fria ao almoço com atum, ovo ou camarão.

Cozinhe os legumes de forma diferente para que os possa ir combinando. A abóbora, a cenoura, as pastinacas e a batata doce ficam excelentes asssadas no forno e aguentam bem no frigorifico depois de cozinhadas. Os brócolos, o feijão verde, as ervilhas tortas ou os grelos podem estar já salteados, e a couve roxa ou a rúcula já cortadas e arranjadas para juntar ás saldas, por exemplo.

Demolhe e coza as suas leguminosas em casa para que as possa ir juntando aos pratos durante a semana.

Prepare logo 2 molhos para as saladas que possa ir usando para temperar e dar uma graça diferente aos seus pratos. Um molho vinagrete com mel e um molho de iogurte com hortelã ou manjericão são excelentes opções para os pratos de verão.

 

  1. Prepare em quantidade

Se vai fazer um prato estufado, aproveite para dobrar a quantidade que precisa pois estes tipo de pratos são, geralmente, ótimos para congelar depois de cozinhados. Assim poupa o trabalho de fazer essa receita mais uma vez. Mesmo pratos como lasanha, podem ser montados por inteiro e congelados antes de irem ao forno. Depois é só tirar diretamente do congelador para o forno e cozinhar a baixas temperaturas.

Compre peças grandes e corte-as em casa a seu gosto, por exemplo, pode cortar uma peça de carne em bifes, em cubos e ainda picar para fazer hambúrgueres ou rolo de carne. Um frango inteiro pode ser consumido assado no momento e depois desfiado em saladas ou pratos de forno e fica excelente e muito mais barato. Nos pratos de peixe a regra poderá ser a mesma. Se lhe sobrar peixe já cozinhado, aproveite-o para fazer sopa, um bom arroz, empadão ou wraps frescos.

 

Imagens

0 Comentários

Deixar Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.