Novembro 2019

A germinação é uma das fases mais importantes para o estabelecimento das plantas em condições naturais. Fisiologicamente, inicia-se com a humidificação da semente em água, seguida do crescimento do embrião quiescente e terminando com a deslocação deste por meio do tegumento. A germinação inicia-se, então, com um aumento das atividades metabólicas que foram quase que paralisadas após a maturação da semente. Considera-se que uma semente está em condições de germinar quando o embrião se encontra completamente desenvolvido e diferenciado, não sendo necessário tratamentos para a quebra de dormência. A utilização de grãos germinados aumentou na última década. O conceito de “grãos

ENTRETANTO NA NiT