S01EP22 – Entrevista Margarida Santos – Onde a medicina se cruza com a nutrição

S01EP22 – Entrevista Margarida Santos – Onde a medicina se cruza com a nutrição

Neste episódio converso com a Margarida Santos, médica e com mestrado em nutrição, que gosta pouco de rótulos no que toca à alimentação. Na sua filosofia alimentar, a alimentação não deve seguir regras extremistas, mas sim, aproveitar o seu lado mais prazeroso, comendo aquilo que nos faz bem e satisfaz, sem um padrão alimentar específico. A Margarida aponta que a alimentação tem realmente um grande impacto na saúde, principalmente na prevenção de diversas doenças. Fala-nos do seu percurso, das maiores dificuldades sentidas em consulta e como conseguiu, sendo médica, tirar o mestrado. 

            Há cada vez mais doenças relacionadas com o estilo de vida (sono, atividade física, alimentação, stress), que não precisariam de medicação ou intervenção se houvesse um maior conhecimento da literacia em saúde e alimentar para as prevenir e melhorar. No seu local de trabalho encontra uma grande população, seja crianças ou adultos, com elevada taxa de obesidade, afirmando que aproximadamente 50% tem excesso de peso, e nem veem isso como um problema. Afirma que existem grandes diferenças entre a população em centro de saúde e em clínica privada, principalmente ao nível da falta de literacia e vontade de mudança. Há também, cada vez mais população com distúrbios intestinais e uma mudança na alimentação pode realmente ajudar a melhorar estes sintomas, devendo estes problemas deixarem de ser um tema tabu. A Margarida deixa-nos o seu feedback quanto à dieta LowFODMAP que a ajudou a conhecer os alimentos que lhe causavam efeitos adversos a nível intestinal.

            A opinião dos médicos em relação ao papel da nutrição na saúde e medicina tem vindo a melhorar ao longo dos anos, sendo que a novas gerações já demonstram um grande interesse e preocupação quanto ao impacto da alimentação. 

            Nos dias de hoje, são muitas as informações não fidedignas que correm nas redes sociais e influenciam a opinião e os hábitos da população, fazendo-as seguir dietas restritas, com um controlo extremo, gerando depois outros distúrbios. Por isso é que é cada vez mais importante a partilhas de informações boas e credíveis por parte dos profissionais de saúde para combate a informação má. Na área da nutrição, existe evidencia científica a mudar constantemente e sempre a evoluir, pelo que é preciso muito estudo e conhecimento e estar sempre atualizado (Ex: jejum).

Espero que gostem 🙂

Submeter comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

ENTRETANTO NA NiT