Será que o chá verde emagrece?

chá verde emagrece

Será que o chá verde emagrece?

O Chá verde é uma bebida popular, utilizada há séculos, que alega ter inúmeros benefícios para a saúde, mas na prática que benefícios são estes? será que beber chá verde diariamente ou suplementar extratos de chá verde vai auxiliar numa perda de peso saudável? Para produzir o chá verde são utilizadas as folhas frescas da planta Camellia Sinensis cozidas a vapor. Além de ser consumido como bebida o extrato de chá verde é comercializado numa série de outras formas de consumo como cápsulas, comprimidos, extratos líquidos, e em produtos tópicos – cremes.1,2

Muitos dos benefícios do chá verde estão relacionados com as quantidades apresentadas de compostos ativos como a cafeina e os polifenóis (catequinas e flavenóides) que conferem ao chá verde propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias.2Os benefícios associados ao consumo de chá verde como bebida ou extratos de chá verde na forma suplemento alimentar incluem o efeito estimulante promovido pela cafeina, uma redução dos níveis de ansiedade, melhorias a nível cognitivo e na função cerebral, diminuição dos valores plasmáticos de colesterol total e LDL e o auxílio da perda de peso.2-5

Quando existe uma perda de peso é comum existir uma adaptação metabólica que faz com que o corpo se adapte a gastar menos energia para sobreviver, diminuindo a sua taxa metabólica. Vários estudos sugerem que o chá verde aumenta significativamente o gasto energético o que contribui para a neutralização da diminuição da taxa metabólica. Além disso aumenta a oxidação e diminui a síntese e absorção de gordura e diminui também a digestão e absorção de hidratos de carbono. Apesar de ainda haver alguma controvérsia relativamente a estes resultados vários estudos testaram o uso de chá verde em comparação com um placebo num objetivo de perda de peso, demonstrando melhores resultados em indivíduos que tomavam chá verde quando comparados com os indivíduos sob o efeito de um placebo.2

É importante salientar que para existir uma perda de peso é essencial que exista um défice calórico, ou seja, temos de gastar mais calorias do que as que consumimos, se o consumo de chá verde não for aliado a uma dieta equilibrada e exercício físico é muito provável que não obtenha os resultados pretendidos. Se precisa de um plano alimentar personalizado para o ajudar a perder peso de forma saudável e adequada, agente já a sua consulta com a Dra Mafalda Rodrigues de Almeida.

Os efeitos benéficos do chá verde na perda de peso não podem ser atribuídos a um constituinte específico do chá verde, mas sim a um efeito sinérgico da cafeina e das catequinas, sobretudo o galato de epigalocatequina (EGCG) que é um flavonoide presente no chá verde. O que significa que ao suplementar cafeina ou EGCG exclusivamente ou optar pelas versões descafeinadas não irá obter os mesmos benefícios.4,

Qual a dose certa de chá verde para tirar benefício do seu consumo?

Na toma sob a forma de chá o teor de polifenóis é variável, além disso cada pessoa é única, pelo que não existe uma dose ideal para todos, no entanto, para que possa tirar benefício do consumo de chá verde, recomenda-se o consumo diário de 3 chávenas de chá verde. No caso da toma de extrato de chá verde em suplemento é recomendada a toma diária de 200 a 500mg de extrato de chá verde durante um período mínimo de 12 semanas.2,5,6

O consumo de chá verde é bem tolerado na maioria das pessoas, no entanto, em alguns casos são reportados efeitos secundários leves a moderados, devidos sobretudo à presença de cafeina. Uma chávena de chá verde possui em média 45mg de cafeina. A dose máxima de cafeina ainda considerada segura é de 400mg, no entanto é necessário ter em conta a tolerância individual de cada pessoa.2,5,7

Alguns dos efeitos secundários podem passar por: ansiedade, insónias, aumento da pressão arterial, náusea, obstipação e desconforto abdominal.2,5É aconselhável que o consumo de chá verde seja feito com cautela e que consulte o seu médico ou nutricionista com o objetivo de este avaliar a pertinência da suplementação de chá verde tendo em conta a situação particular de cada um.  

Artigo escrito por Filipa Rodrigues, Nutricionista

Referências

  1. National Center for complementary and integrative health (2016). Green Tea. Retrived from https://www.nccih.nih.gov/health/green-tea
  2. National Institutes of health – Office of dietary supplements (2020). Dietary Supplements for weight loss. Retrived from https://ods.od.nih.gov/factsheets/WeightLoss-HealthProfessional/#en156
  3.  Yuan, F., Dong, H., Fang, K., Gong, J., & Lu, F. (2018). Effects of green tea on lipid metabolism in overweight or obese people: A meta-analysis of randomized controlled trials. Molecular nutrition & food research62(1), 10.1002/mnfr.201601122. https://doi.org/10.1002/mnfr.201601122
  4. Mancini, E., Beglinger, C., Drewe, J., Zanchi, D., Lang, U. E., & Borgwardt, S. (2017). Green tea effects on cognition, mood and human brain function: A systematic review. Phytomedicine : international journal of phytotherapy and phytopharmacology34, 26–37. 
  5. Raymond, J., & Mahan, K. (2017). Krause’s Food & The Nutrition Care Process(Vol. 51). https://doi.org/10.1016/j.jneb.2019.06.022
  6. Vázquez Cisneros, L. C., López-Uriarte, P., López-Espinoza, A., Navarro Meza, M., Espinoza-Gallardo, A. C., & Guzmán Aburto, M. B. (2017). Efectos del té verde y su contenido de galato de epigalocatequina (EGCG) sobre el peso corporal y la masa grasa en humanos. Una revisión sistemática [Effects of green tea and its epigallocatechin (EGCG) content on body weight and fat mass in humans: a systematic review]. Nutricion hospitalaria34(3), 731–737. https://doi.org/10.20960/nh.753
  7. APN (2016). 5 questões sobre o café. Retrived from https://www.apn.org.pt/documentos/guias/5_questoes_sobre_o_cafe_Final_1.pdf

Submeter comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

ENTRETANTO NA NiT