O peixe que estamos a comprar é sustentável?

Peixe sustentável

O peixe que estamos a comprar é sustentável?

Atualmente existem várias espécies marinhas em perigo, porque são pescadas em grandes quantidades ou porque a pesca tem destruído o seu habitat natural. É um dever de todos, cuidarmos dos nossos oceanos e manter a sua sustentabilidade. Somos nós enquanto consumidores que temos o poder de voto, quando vamos às compras e naquilo que escolhemos trazer para casa. Assim, as nossas escolhas devem ser feitas de forma informada!

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera, criou o cartão S.O.S. Oceano, com listagem de espécies mais vulneráveis, demasiado exploradas ou cujos métodos de captura/criação não são adequados, causando impacto ambiental. 

Por estas razões devemos evitar consumir: 

  • Anequim
  • Atum-albacora
  • Atum-rabilho
  • Bacalhau (>35 cm)
  • Carapau (>15 cm)
  • Enguia e meixão
  • Lagosta
  • Lavagante 
  • Lula
  • Mero
  • Pescada (<27 cm)
  • Salmão (aquacultura intensiva)
  • Sardinha (<11 cm)
  • Sável
  • Tamboril

WWF (World Wide Fund for Nature),criou o projecto Fish Forward que chama à atenção para os impactos da pesca não sustentável e incentiva o consumo responsável de peixe e marisco, promovendo a sustentabilidade dos oceanos. Sendo a UE o maior importador de peixe e marisco do mundo, e uma vez que grande parte deste provém de países em desenvolvimento, ao escolhermos um determinado tipo de pescado, esta escolha vai ter impacto em famílias de pescadores, assim como nos stocks de peixe de países em desenvolvimento. A WWF promove o conhecimento deste tema entre os consumidores, o sector empresarial e as autoridades, e chama à atenção de como o consumo sustentável de peixe e marisco, pode fazer toda a diferença.

Existem ainda outras entidades independentes que fazem a diferença, tais como:

  • MSC – Marine Stewardship Council, uma organização internacional e independente, sem fins lucrativos, cujo objectivo é o de minimizar o problema da sobrepesca. Acertificação MSC, baseia-se numa Cadeia de Responsabilidadecom práticas de rastreabilidade e referenciais já existentes: informações sobre as espécies, a fonte de pesca e informação sobre a sustentabilidade do produto. Esta certificação permite manter fora da cadeia de fornecimento, peixe capturado de forma ilegal. Os produtos com o selo MSCsão garantidamente provenientes de uma pesca sustentável. 
Peixe sustentável
  • ASC- Aquaculture Stewardship Council, uma outra organização independente sem fins lucrativos, com influência internacional. Quando compramos pescado certificado pela ASC, estamos a ajudar uma aquacultura sustentável: mais saudável, limpa e segura, de forma a que esta seja acessível a muitas pessoas. Estamos a fazer a nossa parte para conservar e recuperar os recursos marinhos ao mesmo tempo que, ajudamos a melhorar a vida de produtores e comunidades locais. A aquacultura é importante, uma vez que pode ser uma fonte de proteína saudável, nutritiva e favorável ao clima, disponível para o mundo inteiro.Ao estarmos as escolher peixe de viveiro, ajudamos a proteger os peixes selvagens. Comer peixe combate a mudança climática, uma vez que este tem uma pegada de carbono menor, e para a sua produção são usados menos recursos, como é o caso de outros animais de produção intensiva (por exemplo carne bovina e frango). O ASC impõe um controle rígido sobre: produtos químicos, antibióticos e critérios para a alimentação dos peixes. Adapta-se conforme a ciência evolui e faz revisão constante aos seus padrões de certificação. O logotipo ASC envia uma forte mensagem aos consumidores sobre a integridade ambiental e social do produto que estamos a comprar. Quando compramos produtos do mar certificados pela ASC, estamos a ajudar a construir um mercado global mais sustentável ao mesmo tempo que, incentivamos outros viveiros a fazerem mudanças e tornarem a sua produção certificada.
Peixe sustentável

Artigo escrito por Joana Moura, Nutricionista

Submeter comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

ENTRETANTO NA NiT