Abril 2022

As papas fazem parte de um dos primeiros grupos de alimentos, nomeadamente os cereais,a serem introduzidos aquando da diversificação alimentardo bebé. É uma fonte de hidratos de carbono, proteína vegetale principalmente vitaminas e minerais, através do seu enriquecimento. Existem dois tipos de papas: Papas lácteas: com leite incorporado. Devem ser preparadas com água.Papas não lácteas: Não têm leite incorporado. Devem ser preparadas com leite materno ou fórmula infantil. É importante ter atenção às crianças que apresentam alergia à proteína do leite de vaca. Outro fator importante que deve ter-se em consideração é a presença/ausência de glúten nas papas.  Desde 2016 que a ESPGHAN, European Society for Paediatric Gastroenterology Hepatology and Nutrition, atualizou a altura

Quando a criança se encontra na sua fase de desenvolvimentoé imprescindível que nenhum nutriente lhe falte. Todos os pais tentam que a criança experimente e coma ao máximo todos os alimentosbenéficos. O objetivo é a saúde da criançae esta pode ser influenciada e alterada de diferentes formas. Uma das formas que os pais encontram é através da alimentação. A alimentação encontra-se muito ligada à prevenção e proteção de muitas doenças, por isso é bom que não seja rejeitada ou menosprezada. A fruta acaba por fazer parte de um dos alimentos fundamentaispara a alimentação de todos, até tem um lugar próprio na roda da alimentação. É importante variar o consumo de frutae a

A fibra tem sido mundialmente reconhecida como um nutriente essencial para a saúde humana. Esta encontra-se fortemente associada às suas implicações a nível da saúde gastrointestinal, uma vez contribui para a regulação da microbiota intestinal(Blanco-Pérez, Steigerwald, Schülke, Vieths, Toda & Scheurer, 2021; Guan, Yu & Feng, 2021). Outros benefícios da fibra são: Metabolizar ácidos gordosde cadeia curta;Reduzir risco de doenças gastrointestinais(Síndrome de intestino irritável, inflamação intestinal, diverticulose e cancro do cólon);Reduzir insulinorresistência;Proteção anti-inflamatória;Reduzir riscode cancro pancreático;Alíviode obstipação ou diarreia;Redução de problemascardiovasculares;Melhoriade diabetes mellitustipo II;Redução de gordura;Aumentar sensação de saciedade;Diminuir os níveis de glucose e colesterol (Bai et al., 2021; Blanco-Pérez et al, 2021; Guan et al.,

Uma das maiores dificuldades dos pais com a alimentação das suas crianças é conseguir pô-las a comer legumes. O sabor, a textura e até o aspeto podem ser alguns dos vários fatores que fazem com que a criança não se sinta motivada a experimentar. Os legumes fazem parte de um dos grupos da roda dos alimentos e por alguma razão estão lá presentes. Os seus benefícios são inúmeros, como tal, devemos tentar perfazer as porções diárias recomendadas. Torna-se importante variar o legume em si pois, como em todos os alimentos, consoante o mesmo existem diferentes componentes benéficos para a nossa saúde. Muitas instituições até dividem os legumes por cores