Blog

Ingredientes 200g de quinoa branca crua 1 cebola 200g de tofu fumado 1 couve brócolo 2 cenouras 300g de cogumelos brancos frescos 3 colheres de sopa de sementes de abóbora 2 colheres de sopa de molho de soja 1 colher de sopa de azeite 1 rodela de gengibre fresco 1 mão cheia de coentros frescos Sal Preparação Num tacho, coloque a quinoa com o dobro da quantidade de água. Tempere com sal, tape e cozinhe em lume brando durante 15 minutos ou até que a água se evapore por completo. Numa frigideira coloque a cebola, o azeite e o molho de soja. Salteie em lume médio. Junte depois as cenouras cortadas em cubinhos muito pequenos. Tape e cozinhe

Ao ler um rótulo no momento de aquisição de um produto alimentar ou em casa, o que é que observamos? Com o Regulamento (UE) N.º 1169/2011, após dezembro de 2016 todos estados-membros da União Europeia, têm de ter obrigatoriamente a rotulagem nutricional uniformizada para todos os géneros alimentícios. Assim, quando pegamos num produto alimentar pré-embalado o que podemos analisar é:1 - Denominação do género alimentício/produto alimentar; - Lista de ingredientes, numerados por ordem decrescente (do que se encontra em maior quantidade para o de menor quantidade) Produtos em que pode estar omitida: frutas e produtos hortícolas frescos não alterados; águas gaseificadas; vinagres de fermentação, com apenas um produto de base; queijo, manteiga, leite

Muito se ouve sobre o fato da batata doce ser a melhor opção comparativamente à batata branca. Mas será mesmo assim? Neste artigo iremos descrever as principais diferenças entre estes diferentes tipos de batata. As batatas, no geral, são vegetais que diferem na aparência e no sabor. Vêm de famílias de plantas diferentes e afetam a circulação de açúcar no sangue de forma diferente.   Composição nutricional   A batata doce é frequentemente considerada mais saudável do que a batata branca, mas, na realidade, ambas são altamente nutritivas. Cada 100g de batata branca contém 650 µg de vitamina A, ao contrário da batata branca

A germinação é uma das fases mais importantes para o estabelecimento das plantas em condições naturais. Fisiologicamente, inicia-se com a humidificação da semente em água, seguida do crescimento do embrião quiescente e terminando com a deslocação deste por meio do tegumento. A germinação inicia-se, então, com um aumento das atividades metabólicas que foram quase que paralisadas após a maturação da semente. Considera-se que uma semente está em condições de germinar quando o embrião se encontra completamente desenvolvido e diferenciado, não sendo necessário tratamentos para a quebra de dormência. A utilização de grãos germinados aumentou na última década. O conceito de “grãos

Para 1 pessoa Ingredientes 2 fatias de Puravita 12 grãos2 folhas de alface1 rabanete4 folhas de manjericão fresco40g de tofuMeia colher de café de paprika fumada¼ de colher de café de flocos de chili1 colher de sobremesa de azeite1 chalota Preparação Coloque o azeite a aquecer numa frigideira com a chalota picada finamente. Salteie em lume médio. Junte depois a paprika e os flocos de chili. Esfarele o tofu para dentro da frigideira e envolva no preparado. Salteie mais 2 minutos. Disponha as folhas de alface e de manjericão sobre uma das fatias de pão.  Corte os rabanetes em rodelas e coloque sobre a alface. Verta

Uma proteína é composta por vários aminoácidos (AA) diferentes e é o componente mais fundamental dos tecidos em animais e humanos. Para ser absorvida no organismo, a proteína deve ser hidrolisada por enzimas (proteases e peptidases) em AA e peptídeos no intestino delgado. Os AA são essenciais para a saúde, crescimento, desenvolvimento, reprodução, lactação e sobrevivência dos organismos. A sua deficiência aumenta a suscetibilidade do organismo a doenças metabólicas e infeciosas. Por outro lado, o consumo excessivo de AA e proteínas nas refeições e suplementação excessiva, pode também comprometer a saúde, particularmente de pessoas que tenham disfunção hepática ou renal. O

Muffins de abóbora, alfarroba e chocolate  Para cerca de 10 muffins Ingredientes 250g de farinha de aveia Salutem 200g de farinha de alfarroba tostada Salutem 3 colheres de sopa de sementes de linhaça moída Salutem 200g de chocolate de culinária Salutem 2 ovos 150ml de mel de rosmaninho Salutem 150ml de óleo de coco derretido 250g de abóbora cozida triturada em puré 70ml de bebida de amêndoa sem açúcar 1 colher de café de canela em pó Meia colher de café de noz-moscada em pó 1 colher de chá de fermento para bolos em pó 1 colher de café de bicarbonato de sódio 1 colher de chá de essência de baunilha Preparação Pré-aqueça o forno a 180ºC. Forre formas

Bolinhas energéticas de alfarroba e coco Para cerca de 20 bolinhas Ingredientes 200g de passas 250g de amêndoas torradas com pele 70g de farinha de alfarroba tostada Salutem  2 colheres de sopa de óleo de coco Coco ralado para polvilhar  Preparação Coloque as passas num processador com o óleo de coco e triture. Vá juntando as amêndoas torradas aos poucos, triturando sempre, para ir formando uma pasta. Junte a farinha de alfarroba e triture novamente para envolver. Deverá conseguir formar uma massa moldável com as mãos. Se a massa estiver muito liquida junte mais amêndoas, e se estiver muito solta, junte mais um pouco de óleo de coco. Com as mãos,

Nem todos temos o hábito de ler calmamente o que os rótulos alimentares têm a dizer. No entanto, ter paciência para esta tarefa é fundamental para seguir uma boa dieta. Estima-se que cerca de 40% dos portugueses não conseguem interpretar corretamente a informação nutricional básica e isto muitas vezes pode ocasionar alguns problemas. Neste artigo, damos-lhe algumas dicas indispensáveis para interpretar um rótulo alimentar. Saiba o que deve haver nos rótulos dos alimentos  Em Portugal, e em vários países da Europa, há alimentos que devem conter obrigatoriamente um rótulo alimentar. E o que é que isso significa? Os rótulos alimentares contêm vários elementos

Bowl de arroz integral, tofu salteado com pimento e molho de amêndoa Para 2 pessoas Ingredientes 180g de arroz integral Salutém 200g de tofu Salutém Meio pimento vermelho 1 cenoura Meia couve roxa 1 mão cheia de salsa fresca 70g de alface 1 dente de alho Azeite Sal Para o molho de amêndoa 2 colheres de sopa de manteiga de amêndoa  Sumo de 1 limão Sal Pimenta Preparação Coloque o arroz integral num tacho com o triplo da quantidade de água e uma pitada de sal. Tape e coza durante 40 minutos.  Entretanto numa frigideira coloque um fio de azeite a aquecer com um dente de alho picado. Junte o tofu e o pimento cortados em cubinhos pequenos e salteie

ENTRETANTO NA NiT