Blog

Para 4 pessoas⁠ Ingredientes⁠ Meia couve roxa pequena⁠ Um molho grande de espinafres⁠ 1 cenoura grande⁠ 1 cebola⁠ 3 dentes de alho⁠ 2 ovos⁠ 1 colher de sopa de azeite⁠ Sumo de meio limão⁠ 200g de couscous seco Salutem 2 colheres de sopa de manteiga de amendoim Salutem 2 colheres de sopa de molho de soja Salutem 1 mão cheia de folhas de hortelã⁠ 3 colheres de sopa de amendoins torrados sem pele⁠ ⁠ Preparação⁠ 1. Numa frigideira anti-aderente colocar a cebola e o azeite. Saltear até dourar.⁠ 2. Juntar a cenoura cortada em cubinhos muito pequenos, a couve roxa em juliana fina, os dentes de alho picados, o sumo de limão e o molho de soja. Tapar e cozinhar

Independentemente da estação do ano, alimentos como enlatados, leguminosas, farinhas, frutos secos e sementes, são ingredientes que quase toda a gente tem na despensa. Estes, podem ser grandes aliados para fazer receitas rápidas, saborosas e nutricionalmente equilibradas, sobretudo agora na fase de isolamento. No entanto, é necessário ter alguns pontos em consideração na compra e armazenamento deste tipo de alimentos.  Enlatados Na maioria dos enlatados, o sal, é um alimento que está presente numa quantidade elevada, uma vez que este, para além das características organoléticas que proporciona também é útil para a conservação dos enlatados. Por isso, é importante analisar os rótulos

Será que preciso de tomar proteína pós-treino? O músculo esquelético é um tecido que desempenha papéis importantes na força, performance, função física e regulação metabólica. No caso dos atletas, é essencial garantir quantidades ideais de massa muscular para o máximo desempenho num determinado desporto. No entanto, não são só os atletas que devem ter atenção à massa muscular. Todos os indivíduos, e a população idosa ainda mais, devem garantir um aporte proteico suficiente para manter e/ou prevenir a perda de massa muscular. Na verdade, a perda progressiva de massa e força muscular que acompanha o envelhecimento pode dificultar a realização

Como ter uma alimentação sustentável? Desde o momento em que pensamos que tipo de alimentação queremos ter até ao momento em que confecionamos as nossas refeições, existem vários passos que poderão tornar todo este ciclo muito mais sustentável. Não acredita? 1. Hábitos Alimentares Existem vários fatores que influenciam os nossos hábitos alimentares, como por exemplo os horários de trabalho e estilo de vida, a escolha pessoal de que tipo de alimentação queremos ter (omnívora, vegetariana, vegan, entre muitas outras), a opção de comprar produtos biológicos ou convencionais e ainda a de optar por alimentos locais ou produtos que já fizeram milhares de quilómetros até chegarem até nós. Mesmo que

Tofu tikka masala com cenoura e curgete Para 4 pessoas Ingredientes: 500g de tofu ao natural 1 colher de sopa de azeite 1 cebola 1 curgete grande 2 cenouras 2 dentes de alho 1 colher de sopa de pasta tikka masala ou de preparado de de especiarias tikka masala em pó 250g de tomate em cubos 1 rodela de gengibre fresco 1 mão cheia de coentros frescos 300ml de bebida de arroz integral Rude Health Sal Pimenta Preparação             Num tacho coloque o azeite e a cebola picada. Refogue durante 3 minutos e depois junte os dentes de alho picados, a cenoura e curgete em cubinhos. Tape e cozinhe em lume médio durante 5 minutos.   2.         Junte depois o tomate

Em dezembro de 2019, foi identificado o novo coronavírus SARS-CoV-2, responsável por provocar COVID-19, nome atribuído à doença pela Organização Mundial de Saúde. Sabe-se que uma das duas principais vias de transmissão é através do contacto das mãos com objetos ou superfícies contaminadas com gotículas de uma pessoa infetada, que posteriormente contactam com as mucosas dos olhos, nariz e boca.  (World Health Organization, 2020; Direção-Geral de Saúde, 2020). Desta forma, a preocupação pela transmissão do novo coronavírus através dos alimentos tem sido crescente, no entanto, neste momento não há nenhuma evidência científica que indique que a transmissão pelos alimentos, cozinhados ou crus,

Atualmente nota-se uma crescente procura de bebidas vegetais em alternativa ao leite de vaca. Apesar das bebidas vegetais não poderem ser consideradas um substituto de igual valor nutricional ao leite, estas podem ser uma opção para as pessoas que têm, por exemplo, intolerância à lactose, alergia à proteína do leite ou uma alimentação vegetariana/vegan, uma vez que a sua aparência e textura são semelhantes às do leite de vaca.1–3 No mercado podemos encontrar diversas bebidas vegetais, entre elas bebidas de soja, amêndoa, avelã, noz, coco, arroz, quinoa e aveia.  No geral, estas bebidas vegetais são feitas à base de água, farinha da oleaginosa/leguminosa/cereal que as compõem, podendo ter açúcar/adoçantes, óleos

ENTRETANTO NA NiT