Alimentação Saudável

O salmão tem inúmeros benefícios pois é um peixe gordo rico em ómega-3. Visto que é um peixe gordo, o seu consumo diário é desaconselhado, pelo que o ideal é uma vez por semana para garantir o aporte de ómega-3. Existem inúmeras maneiras de confeccionar o salmão e inúmeras conjugações de ingredientes que podemos fazer para aumentar o seu consumo. O essencial é conseguiraproveitar ao máximo os seus benefícios. Através do ómega-3 é possível fazer a digestão, absorção e transporte de um grupo de vitaminas, as lipossolúveis, e outros componentes dos alimentos. Com o consumo de ómega-3 verifica-se um bom desenvolvimento cerebral, logo, um bom aporte de ómega-3

As bolachas estão cada vez mais presentes em abundância no mercado. São inúmeras as escolhas, para todos os gostos, pode-se até afirmar que não deve existir um indivíduo que não goste de alguma opção disponível nos supermercados.  Para além da sua facilidade de aquisição, seja em hipermercado ou minimercado, até nas bombas de gasolina, o preço também é acessível. Acaba por haver sempre uma determinada marca de bolachas em desconto nos diferentes supermercados, logo é uma categoria que se encontra praticamente sempre em promoção. No caso das crianças, as bolachas são vistas como uma boa opção de snack, algo fácil de transportar, sendo que

Os iogurtes vegetais são feitos a partir de bebidas vegetais(soja, coco, aveia, caju, entre outros), bactérias que contribuem para a fermentação e espessantes.  As bactérias que contribuem para a fermentação utilizadas normalmente são as mesmas que se usam para a produção do iogurte lácteo, Lactobacillus delbrueckii subsp. bulgaricus e do Streptococcus thermophilus. A utilização de espessante(amido de milho e ágar-ágar) tem como objetivo simular a consistênciade um iogurte lácteo.  Os iogurtes vegetais podem ser criados tanto a nível industrial como a nível caseiro e é preciso ter atenção à quantidade de aditivos que estão presentes na bebida vegetal; quanto mais natural, melhor. Estas alternativas ao iogurte lácteo são boas opções de snacks para indivíduos veganos, vegetarianos, alérgicos à

As papas fazem parte de um dos primeiros grupos de alimentos, nomeadamente os cereais,a serem introduzidos aquando da diversificação alimentardo bebé. É uma fonte de hidratos de carbono, proteína vegetale principalmente vitaminas e minerais, através do seu enriquecimento. Existem dois tipos de papas: Papas lácteas: com leite incorporado. Devem ser preparadas com água.Papas não lácteas: Não têm leite incorporado. Devem ser preparadas com leite materno ou fórmula infantil. É importante ter atenção às crianças que apresentam alergia à proteína do leite de vaca. Outro fator importante que deve ter-se em consideração é a presença/ausência de glúten nas papas.  Desde 2016 que a ESPGHAN, European Society for Paediatric Gastroenterology Hepatology and Nutrition, atualizou a altura

Quando a criança se encontra na sua fase de desenvolvimentoé imprescindível que nenhum nutriente lhe falte. Todos os pais tentam que a criança experimente e coma ao máximo todos os alimentosbenéficos. O objetivo é a saúde da criançae esta pode ser influenciada e alterada de diferentes formas. Uma das formas que os pais encontram é através da alimentação. A alimentação encontra-se muito ligada à prevenção e proteção de muitas doenças, por isso é bom que não seja rejeitada ou menosprezada. A fruta acaba por fazer parte de um dos alimentos fundamentaispara a alimentação de todos, até tem um lugar próprio na roda da alimentação. É importante variar o consumo de frutae a

A fibra tem sido mundialmente reconhecida como um nutriente essencial para a saúde humana. Esta encontra-se fortemente associada às suas implicações a nível da saúde gastrointestinal, uma vez contribui para a regulação da microbiota intestinal(Blanco-Pérez, Steigerwald, Schülke, Vieths, Toda & Scheurer, 2021; Guan, Yu & Feng, 2021). Outros benefícios da fibra são: Metabolizar ácidos gordosde cadeia curta;Reduzir risco de doenças gastrointestinais(Síndrome de intestino irritável, inflamação intestinal, diverticulose e cancro do cólon);Reduzir insulinorresistência;Proteção anti-inflamatória;Reduzir riscode cancro pancreático;Alíviode obstipação ou diarreia;Redução de problemascardiovasculares;Melhoriade diabetes mellitustipo II;Redução de gordura;Aumentar sensação de saciedade;Diminuir os níveis de glucose e colesterol (Bai et al., 2021; Blanco-Pérez et al, 2021; Guan et al.,

Uma das maiores dificuldades dos pais com a alimentação das suas crianças é conseguir pô-las a comer legumes. O sabor, a textura e até o aspeto podem ser alguns dos vários fatores que fazem com que a criança não se sinta motivada a experimentar. Os legumes fazem parte de um dos grupos da roda dos alimentos e por alguma razão estão lá presentes. Os seus benefícios são inúmeros, como tal, devemos tentar perfazer as porções diárias recomendadas. Torna-se importante variar o legume em si pois, como em todos os alimentos, consoante o mesmo existem diferentes componentes benéficos para a nossa saúde. Muitas instituições até dividem os legumes por cores

A equinácea é uma planta medicinal usada em diversas partes do mundo pelos seus diversos benefícios. Esta é caracterizada por caules altos, folhas alongadas e flores de cor de malva ou púrpura, variando com a espécie (Declerck, Novo, Grielens, Van Camp, Suter & Vanden Berghe, 2021; Keflie & Biesalski, 2021). A espécie mais comum e utilizada desta planta é a Echinacea purpurea. Esta espécie possui folhas de cor roxa e o seu extrato é utilizado para suprimir respostas pró-inflamatórias e apresenta propriedades antivirais (Keflie & Biesalski, 2021). A equinácea é geralmente considerada um estimulante imune e usada para prevenção e tratamento de infeções do trato respiratório superior. Foi

Os probióticos são microrganismos vivosque, quando administrados nas quantidades adequadas, conferem benefício à saúdedo hospedeiro (Dey & Mookherjee, 2021; Kiousi, Rathosi, Tsifintaris, Chondrou & Galanis, 2021; Snigdha et al., 2022). Os probióticos mais comunssão: Lactobacillus, Bifidobacterium, Saccharomyces, Streptococcus, Enterococcus, Escherichiae Bacillus (Han & Ren, 2021). Recentemente têm sido estudados as diversas aplicações dos probióticosem algumas patologias. Tem havido evidência que sugere que os probióticos têm potenciais terapêuticos benéficosem diversas condições do sistema nervoso central. Alguns exemplos são: ansiedade, esquizofrenia, depressão, autismo e doença Parkinson(Snigdha et al., 2022).  Outras condições onde se consegue verificar um impacto benéfico dos probióticossão: nas concentrações de colesterolsanguíneo; desordens do fórum inflamatório; distúrbios metabólicos (obesidade e diabetes) e cancro(Kiousi et al., 2021). Os benefícios dos probióticos são conseguidos

O kefir está cada vez mais na moda e são-lhe reconhecidos cada vez mais benefícios para a saúde. Conhece este alimento? O termo kefir deriva de uma palavra turca, “keyif”, cujo significado é “sabor agradável” (Azizi et al., 2021; Dimidi, Cox, Rossi & Whelan, 2019; Farag, Jomaa, El-Wahed & El-Seedi, 2020; Kim, Jeong, Kim & Seo, 2019). É produzido pela adição de uma cultura inicial (grãos de kefir) ao leite. Os grãos têm um aspeto parecido à couve-flor e apresentam uma cor que varia entre branco e amarelo. Estes grãos consistem em leveduras simbióticas fermentadoras de lactose; leveduras não fermentadoras de lactose;