Alimentação Saudável

Numa das publicações anteriores mencionamos que um dos benefícios da rotulagem nutricional (https://www.loveat.pt/2020/01/sabe-o-que-pode-observar-num-rotulo-nutricional.html) mencionados pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) é a diminuição do desperdício alimentar. 1 É crucial, no momento de aquisição do produto alimentar, verificar a data e ponderar se o género alimentício em questão poderá permanecer em sua casa durante o período de tempo que estipulou para o consumir e evitar o desperdício. Perceber a diferença entre os tipos de data apresentadas num rótulo nutricional é, também essencial para esse efeito! Já reparou que em diferentes produtos pode observar diferentes menções no que diz respeito à data? Na rotulagem nutricional

Rústico, do latim “rústicos”, significa “relativo ao campo ou próprio dele” e adjetiva muitas aldeias históricas de Portugal, que mantêm preservados os seus pormenores belos, tradicionais e grosseiros. Piódão, Linhares da Beira, Trancoso, Marialva, Castelo Rodrigo, Almeida, Castelo Mendo, Belmonte, Sortelha, Castelo Novo, Idanha-a-Velha, Monsanto são lugares que guardam a sua história, os seus traços rústicos e tradições.  Nestes recantos de Portugal, podemos encontrar a inspiração e a paz que muitas vezes necessitamos para sair do registo citadino e da rotina profissional diária. Pegar numa mochila e preparar a lancheira para partir em busca de conhecer as aldeias históricas é um ótimo plano de passeio de fim de semana e

Ao ler um rótulo no momento de aquisição de um produto alimentar ou em casa, o que é que observamos? Com o Regulamento (UE) N.º 1169/2011, após dezembro de 2016 todos estados-membros da União Europeia, têm de ter obrigatoriamente a rotulagem nutricional uniformizada para todos os géneros alimentícios. Assim, quando pegamos num produto alimentar pré-embalado o que podemos analisar é:1 - Denominação do género alimentício/produto alimentar; - Lista de ingredientes, numerados por ordem decrescente (do que se encontra em maior quantidade para o de menor quantidade) Produtos em que pode estar omitida: frutas e produtos hortícolas frescos não alterados; águas gaseificadas; vinagres de fermentação, com apenas um produto de base; queijo, manteiga, leite

Muito se ouve sobre o fato da batata doce ser a melhor opção comparativamente à batata branca. Mas será mesmo assim? Neste artigo iremos descrever as principais diferenças entre estes diferentes tipos de batata. As batatas, no geral, são vegetais que diferem na aparência e no sabor. Vêm de famílias de plantas diferentes e afetam a circulação de açúcar no sangue de forma diferente.   Composição nutricional   A batata doce é frequentemente considerada mais saudável do que a batata branca, mas, na realidade, ambas são altamente nutritivas. Cada 100g de batata branca contém 650 µg de vitamina A, ao contrário da batata branca

A germinação é uma das fases mais importantes para o estabelecimento das plantas em condições naturais. Fisiologicamente, inicia-se com a humidificação da semente em água, seguida do crescimento do embrião quiescente e terminando com a deslocação deste por meio do tegumento. A germinação inicia-se, então, com um aumento das atividades metabólicas que foram quase que paralisadas após a maturação da semente. Considera-se que uma semente está em condições de germinar quando o embrião se encontra completamente desenvolvido e diferenciado, não sendo necessário tratamentos para a quebra de dormência. A utilização de grãos germinados aumentou na última década. O conceito de “grãos

Para 1 pessoa Ingredientes 2 fatias de Puravita 12 grãos2 folhas de alface1 rabanete4 folhas de manjericão fresco40g de tofuMeia colher de café de paprika fumada¼ de colher de café de flocos de chili1 colher de sobremesa de azeite1 chalota Preparação Coloque o azeite a aquecer numa frigideira com a chalota picada finamente. Salteie em lume médio. Junte depois a paprika e os flocos de chili. Esfarele o tofu para dentro da frigideira e envolva no preparado. Salteie mais 2 minutos. Disponha as folhas de alface e de manjericão sobre uma das fatias de pão.  Corte os rabanetes em rodelas e coloque sobre a alface. Verta

Uma proteína é composta por vários aminoácidos (AA) diferentes e é o componente mais fundamental dos tecidos em animais e humanos. Para ser absorvida no organismo, a proteína deve ser hidrolisada por enzimas (proteases e peptidases) em AA e peptídeos no intestino delgado. Os AA são essenciais para a saúde, crescimento, desenvolvimento, reprodução, lactação e sobrevivência dos organismos. A sua deficiência aumenta a suscetibilidade do organismo a doenças metabólicas e infeciosas. Por outro lado, o consumo excessivo de AA e proteínas nas refeições e suplementação excessiva, pode também comprometer a saúde, particularmente de pessoas que tenham disfunção hepática ou renal. O

Nem todos temos o hábito de ler calmamente o que os rótulos alimentares têm a dizer. No entanto, ter paciência para esta tarefa é fundamental para seguir uma boa dieta. Estima-se que cerca de 40% dos portugueses não conseguem interpretar corretamente a informação nutricional básica e isto muitas vezes pode ocasionar alguns problemas. Neste artigo, damos-lhe algumas dicas indispensáveis para interpretar um rótulo alimentar. Saiba o que deve haver nos rótulos dos alimentos  Em Portugal, e em vários países da Europa, há alimentos que devem conter obrigatoriamente um rótulo alimentar. E o que é que isso significa? Os rótulos alimentares contêm vários elementos

Com a chegada do Outono alteram-se os hábitos alimentares e o ritmo do organismo, há mais tendência para consumir uma maior quantidade de alimentos e, por vezes, estes não são, de todo, os mais indicados. Aproveite os alimentos que surgem nesta época para fortalecer o sistema imunitário e dar-lhe energia, sem fugir à sua alimentação habitual: Abóbora: A abóbora é a hortícola mais versátil da sua cozinha. Pode ser consumida cozida, assada, base para bolos e sopa, entre muitas outras. Para além do seu baixo valor energético, fornece vitamina A e carotenos (que contribuem para melhorar a saúde dos seus olhos e

A dieta é uma das principais influências na microbiota (microrganismos que se encontram no intestino) intestinal e muitas das bactérias que são ingeridas podem unir-se temporariamente a esta afetando, possivelmente, o seu comportamento. A fermentação dos alimentos é um processo usado desde há milhares de anos como uma forma de preservar alimentos. Este processo é realizado por microrganismos (como bactérias) ou células presentes nos produtos lácteos, nos vegetais ou até mesmo nos chás (como é o caso do Kombucha). Estas bactérias encontram-se em grande quantidade nestes alimentos fermentados sendo denominadas por probióticos. Os probióticos têm uma série de efeitos benéficos

ENTRETANTO NA NiT