Alimentação Saudável

O que dá origem ao glúten são duas proteínas insolúveis, a gliadina e a glutenina. Estas duas proteínas encontram-se no endosperma da semente de alguns cereais. Os cereais que têm na sua composição estas proteínas são então: o trigo e outras espécies do mesmo: o duro ou durum, espelta, kamut, emmer. Além do trigo e dos seus derivados temos o farro e triticale, o centeio, a cevada e, em Portugal, a maior parte da aveia também já tem vestígios devido a contaminações a partir de outros cereais. A presença destas duas proteínas dá origem a uma consistência viscosa e elástica, possibilitando

Os lípidos constituem aproximadamente 34% da energia na alimentação humana. Como a gordura é rica em energia e fornece 9 kcal/g, o ser humano consegue obter energia suficiente através de um consumo moderado de gordura. A gordura dietética é armazenada nas células adiposas. A capacidade de armazenar e utilizar quantidades grandes de gordura permite ao ser humano sobreviver sem alimentos durante várias semanas. Alguns depósitos de gordura não são capazes de ser utilizados eficientemente durante um período de jejum, sendo classificados como lípidos estruturais. Estes lípidos dão estrutura para manter os órgãos e nervos ligados, protegendo-os ainda contra traumas. A gordura dietética é essencial para a

A Alfarroba é o fruto proveniente da Alfarrobeira (Ceratonia síliqua L.) com origem na antiga Grécia sendo actualmente cultivada por todo o mundo. Caracteriza-se por ter uma forma semelhante a uma vagem de ervilha e as suas sementes, que apenas correspondem a 10% do peso total sendo o restante polpa, são utilizadas na indústria alimentar, farmacêutica, têxtil e cosmética. No que diz respeito à utilização da alfarroba esta sofre diversos processos de transformação. Primeiro dá-se a separação da polpa da semente através de um processo mecânico e a partir daqui tanto a polpa como a semente poderão sofrer outros tipos de

Na elaboração de um plano alimentar são usadas medidas exatas para a descrição da quantidade de alimentos a ingerir ao longo do dia. Para que o cálculo da ingestão calórica seja o mais específico possível e para corresponder às necessidades energéticas de cada indivíduo, as unidades utilizadas para a descrição do plano são as gramas e/ou os mililitros. Para um profissional de saúde na área de nutrição, as quantidades descritas nestas unidades já são facilmente transpostas para uma porção visual, no entanto na maioria dos casos para um paciente que está a iniciar a sua reeducação alimentar e a sua dieta,

Ingredientes 2 ovos 100g de farinha de espelta integral Nacional 70g de farinha de aveia integral Nacional 1 cenoura 1 laranja 1 colher de chá de canela em pó 1 colher de chá de fermento para bolos 120g de açúcar mascavado escuro 100ml de azeite Chocolate 90% de cacau (opcional) Preparação Pré-aqueça o forno a 200ºC. Numa batedeira coloque os ovos com o açúcar e bata bem até ficar com um creme uniforme. Junte depois a cenoura ralada, o sumo e a raspa da laranja e batata novamente. Verta o azeite batendo sempre e, por fim, junte aos poucos as farinhas, a canela e o fermento sempre com a batedeira em velocidade média. Verta

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a nutrição é uma área onde a individualidade está muito presente. As recomendações propostas pelo nutricionista ao seu paciente variam de acordo com o objetivo, composição corporal, rotinas entre outros aspetos. No entanto, existem algumas sugestões que podem e devem ser aplicados pela população em geral, contribuindo para um estilo de vida mais saudável. Uma destas sugestões que pode criar como rotina é a forma como compõe o seu prato. Para que a construção da sua refeição seja saudável e nutricionalmente mais equilibrada pode compor o seu prato da seguinte forma: se dividir o seu

Ao longos dos últimos anos a batata doce tornou-se uma fonte de hidratos de carbono muito popular em regimes de emagrecimento e alimentação saudável. Por isso hoje vamos analisar este alimento á lupa e compará-lo com a batata tradicional.  100g de batata-doce (cozida) contém: 112 kcal, Proteínas: 2,48, Hidratos de carbono: 25,88g (dos quais açúcar: 6,86g), Lípidos: 0,13g, Fibras: 4,2g. 100g de batata convencional (sem casca, sem sal, cozida): 86 kcal, Proteínas: 1,71g, Hidratos e carbono: 20g (dos quais açúcar 0,85g), Lípidos: 0,1g, Fibras: 1,8g. Em termos calóricos, a batata-doce é superior à batata-doce convencional, por conter mais açúcar. No entanto, tem mais

Quando se fala em couscous ou bulgur parece existir sempre uma dúvida: será que são mais saudáveis que a massa? A massa tipo esparguete é feita à base da sêmola de trigo que é posteriormente desidratada e consumida, neste caso, sob a forma de finos fios. O Couscous tem a sua origem em Marrocos e é composto por pequenas bolas de massa de semolina, uma espécie de farinha de trigo mais grossa. Apesar de o couscous só apresentar uma diferença de cerca de menos 50kcal por 100g relativamente ao arroz branco, na maioria das vezes, acaba por ser mais saudável pois contém

Na tentativa de se reduzir o consumo de açúcar refinado têm surgido produtos no mercado como stevia ou açúcar de coco. No entanto, a dúvida persiste, será que este tipo de produtos são mais saudáveis que o açúcar de cana integral (açúcar mascavado escuro ou açúcar demerara)? O açúcar de coco é extraído a partir da seiva do coqueiro e tem um aspeto granulado e acastanhado. Neste processo não ocorre qualquer tipo de refinação do açúcar. O açúcar mascavado é um concentrado da cana do açúcar sem que haja um processo de refinação. Por isso, começamos por comparar dois açúcares integrais,

Além da manteiga, existem inúmeras ideias em relação a opções para barrar no pão. Neste momento já existem várias opções de origem vegetal, tais como o abacate, as pastas de frutos secos (como a de amendoim e amêndoa) ou até pastas de tofu deliciosas.  Mas, como bons portugueses que somos, a manteiga continua a fazer parte da alimentação de muitos de nós. E aqui surge uma dúvida, será que a manteiga ghee pode ser, ainda assim, uma alternativa mais saudável. A manteiga ghee ou clarificada, é feita a partir da manteiga tradicional, mas sujeita a um aquecimento a temperaturas baixas até

ENTRETANTO NA NiT