alimentação Tag

Sabia que os nossos intestinos são compostos por milhões de pequenos organismos vivos?  Ao conjunto desses microrganismos presentes nos intestinos, que são na sua grande maioria bactérias, mas também alguns vírus e fungos, dá-se o nome de microbiota intestinal. (1,2) Em geral, esta é composta maioritariamente por bactérias benéficas e promotoras da saúde, (2)que apresentam diversas funções, como combater microrganismos prejudiciais para o organismo, metabolização de nutrientes, obtenção de energia, e manutenção e regulação da imunidade intestinal. (3) Uma das formas de avaliar as comunidades que habitam o trato gastrointestinal é pela classificação taxonómica que distribui as bactérias em filos, classes, ordem, família, género e espécie, sendo

A diabetes mellitus é uma doença metabólica crónica, caracterizada pelo aumento dos níveis de açúcar no sangue – hiperglicemia – que pode ser provocada pela insuficiente produção ou eficácia da insulina. Conforme a causa, a diabetes pode ser dividida em tipo 1, tipo 2 ou tipo 3.              A diabetes tipo 1 afeta maioritariamente crianças e jovens, mas também pode aparecer na idade adulta. Pensa-se que seja de causa genética e, como não há produção de insulina, é necessária injeção. A diabetes tipo 2, já é bastante influenciada pelo estilo de vida, alimentação, stress, havendo uma maior predisposição para aparecer na idade

A minha convidada de hoje é uma pessoa que me é muito querida e com quem já trabalho há alguns anos. Desde sempre que foi a pessoa que escolhi para tratar do design da minha marca, é mãe de duas miúdas cheias de pinta e uma empreendedora nata. Fundadora da Lance onde ajuda a desenvolver conceitos e imagens de marca e da Lance Academy desenhada para formar em várias áreas relacionadas com empreendedorismo e negócios, tem também um blog onde escreve com uma perspetiva mais pessoal sobre o seu dia a dia e, recentemente, fundou a PAL, com os chapéus mais giros que por ai há. Começa por

            Neste episódio irei abordar a saúde mental, não de uma perspetiva emocional, mas ligada à alimentação e estilo de vida. Em Portugal, a prevalência anual de perturbações mentais é de 22,9%. Simultaneamente, somos o maior consumidor europeu de benzodiazepinas e dos países europeus com valores mais relevantes de toma de antidepressivos e de bebidas alcoólicas.             A promoção da saúde mental está presente desde o início da nossa vida, estando associada a vários fatores como a alimentação. Estudos têm mostrado a relação da alimentação com a capacidade de memória, concentração, saúde mental e por isso devemos dar mais atenção aos alimentos que

            Neste episódio tenho como convidada a Eunice Maia, fundadora da “Maria Granel”, um conceito/marca que tem uma missão na área da sustentabilidade, a redução do desperdício. A Eunice é professora de português e literatura e, era extremamente consumista, tendo vindo, através do seu projeto, mudando os seus hábitos de vida. Primeiramente começou por comprar a granel, com os seus próprios recipientes, conceito que é muito utilizado no seu espaço. De seguida, deixou de comprar em grandes superfícies e a frequentar os mercados biológicos. E lentamente, foi fazendo uma transição ecológica na sua casa. Para a Eunice, o estilo de vida zero

A Organização Mundial da Saúde (OMS) define os “açúcares simples” como os mono e dissacáridos os açúcares naturalmente presentes no mel, xaropes, sumos de fruta e concentrados de sumo de frutas e os açúcares adicionados aos alimentos e às bebidas pela indústria alimentar, manipuladores de alimentos ou pelos consumidores.1Segundo a European Food Safety os “açúcares adicionados” são a glicose, frutose, sacarose, amidos hidrolisados (xaropes de glucose e frutose) e outras preparações isoladas de açúcar, também adicionados pela indústria, manipuladores ou consumidores.2 O consumo excessivo de açúcar tem vindo a ser associado a: - excesso de tecido adiposo3,4 - aumento do peso5 - aumento do risco de doenças crónicas não transmissíveis(Obesidade,

Neste episódio trago-vos de volta a Ana Isa Rocha para nos falar sobre intestino que, sendo um órgão tão emocional, não só é influenciado pela alimentação, como pela forma como vivemos e lidamos com as situações do dia a dia.              A função do intestino, é assimilar o essencial, ou seja, absorver todos os nutrientes, e descartar o que não faz sentido ao nosso organismo. Sintomas como a diarreia ou obstipação significam que o nosso intestino não estará a funcionar da forma correta. Segundo a medicina chinesa, deveríamos de ir cerca de 3 vezes por dia à casa de banho, mas varia

A vosso pedido, neste episódio venho falar-vos de como a alimentação pode influenciar a perda de cabelo, a pele e as unhas, abordando também algumas doenças em específico.             Começo por falar sobre a pele, um órgão muito importante, que nos protege de organismos que possam ser nocivos, para além de que reflete a nossa aparência. O que comemos pode influenciar o estado da nossa pele, devendo optar por alimentos ricos em vitaminas C, E, B3 ou niacina, A (carotenoides), polifenóis e minerais como o cobre, zinco e selénio. Todos estes nutrientes apresentam importantes funções para manter um bom cuidado da pele,

O ovo é um alimento bastante nutritivo, rico em vitamina A, proteína e antioxidantes como os carotenoides e o selénio. Mas, além de distinguirmos os ovos pelo tamanho, estes têm também um carimbo em vez de rótulo. Sabe como interpretar? Este carimbo permite identificar qual a data de validade do ovo e reconhecer o modo como as galinhas foram criadas e qual a origem da produção do ovo. A primeira coisa que deve observar quando vai adquirir o ovo é a sua data de validade. De seguida, os restantes números e letras devem ser interpretados da seguinte forma: Criação (representada pelos números iniciais

            Neste episódio venho falar-vos de um tema que tem gerado muita controvérsia na atualidade e desmistificar o conceito de jejum associado ao emagrecimento. Começo desde logo por vos dizer que não há relação entre o jejum e o emagrecimento. O jejum intermitente é uma estratégia para que o nosso corpo esteja mais ativo a se regenerar e a estar mais atento e alerta. Contudo, este pode ser feito aliado a uma restrição calórica ou não.              O Jejum intermitente consiste em estar durante um período de tempo sem comer (entre 12h a 18h), sendo que, durante este período, é preciso ouvir o

ENTRETANTO NA NiT