cereais Tag

A fibra tem sido mundialmente reconhecida como um nutriente essencial para a saúde humana. Esta encontra-se fortemente associada às suas implicações a nível da saúde gastrointestinal, uma vez contribui para a regulação da microbiota intestinal(Blanco-Pérez, Steigerwald, Schülke, Vieths, Toda & Scheurer, 2021; Guan, Yu & Feng, 2021). Outros benefícios da fibra são: Metabolizar ácidos gordosde cadeia curta;Reduzir risco de doenças gastrointestinais(Síndrome de intestino irritável, inflamação intestinal, diverticulose e cancro do cólon);Reduzir insulinorresistência;Proteção anti-inflamatória;Reduzir riscode cancro pancreático;Alíviode obstipação ou diarreia;Redução de problemascardiovasculares;Melhoriade diabetes mellitustipo II;Redução de gordura;Aumentar sensação de saciedade;Diminuir os níveis de glucose e colesterol (Bai et al., 2021; Blanco-Pérez et al, 2021; Guan et al.,

O glúten é uma mistura complexa de centenas de proteínas que se encontra no endosperma de alguns cereais, das quais se destacam a gliadina e a glutenina. A matriz de glúten e funções que dela resultam são essenciais para determinar a qualidade da massa do pão e de outros produtos como massas, bolos, doces e biscoitos. O glúten é estável ao calor e tem a capacidade de atuar como agente de ligação e extensão e é comumente usado como aditivo em alimentos processados​​para melhorar a textura, o sabor e a retenção de humidade. As propriedades reológicas e funcionais incomuns do glúten

Sopa de cebola com tostinhas gratinadas Para 4 pessoas Ingredientes 2 cebolas grandes 100ml de vinho branco 400ml de caldo de legumes (pode aproveitar as cascas de legumes, basta cozê-las durante 20 minutos e coar a água) 1 ramo de tomilho fresco 1 colher de sopa de azeite Sal Para as tostinhas Meio pão puravita grainshttp://www.puravita.pt cortado em fatias 100g de Queijo mozarela ralado Folhas de orégãos frescos ou secos 2 colheres de sopa de azeite Preparação Descasque e corte as cebolas em meias luas. Coloque-as num tacho com o azeite e o sal e cozinhe durante 20 minutos em lume médio. Junte depois o vinho e cozinhe até que se evapore por completo. Por

A Organização Mundial da Saúde (OMS) define os “açúcares simples” como os mono e dissacáridos os açúcares naturalmente presentes no mel, xaropes, sumos de fruta e concentrados de sumo de frutas e os açúcares adicionados aos alimentos e às bebidas pela indústria alimentar, manipuladores de alimentos ou pelos consumidores.1Segundo a European Food Safety os “açúcares adicionados” são a glicose, frutose, sacarose, amidos hidrolisados (xaropes de glucose e frutose) e outras preparações isoladas de açúcar, também adicionados pela indústria, manipuladores ou consumidores.2 O consumo excessivo de açúcar tem vindo a ser associado a: - excesso de tecido adiposo3,4 - aumento do peso5 - aumento do risco de doenças crónicas não transmissíveis(Obesidade,

Numa alimentação saudável, o pão não tem de ser um alimento proibido, mas é preciso saber escolher e ler bem o rótulo. Um pão saudável é constituído apenas por farinha, água, fermento e sal.1Além destes ingredientes ao pão também pode ser adicionado determinados aditivos ou auxiliares tecnológicos.1 A quantidade adequada de ingestão de pão, assim como para todos os alimentos, depende das necessidades energéticas diárias de cada pessoa e do seu objetivo ponderal, ou seja, se quer manter, perder ou ganhar peso. Além da quantidade de pão, a escolha do tipo de pão é algo que pode fazer diferença nos seus hábitos

A elevada ingestão de sal, de acordo com Global Burden of Disease Study, é uma das maiores causas de mortalidade e risco para incapacidade, sendo que em 2017, mais de metade das mortes foram relacionadas com este hábito alimentar.1 Segundo a Organização Mundial da Saúde recomenda um consumo máximo de 5g de sal por dia (2g de sódio), por forma a evitar hipertensão, doenças cardiovasculares e  AVC.2Os portugueses consomem diariamente mais 3g de sal que o recomendado, sendo que muitas mortes poderiam ser evitadas se a ingestão de sal fosse reduzida.3 O semáforo disponibilizado pela a DGS, utilizado anteriormente nos últimos artigos de rotulagem

Os cereais integrais incluem alimentos como trigo integral, aveia, centeio, cevada, arroz integral, trigo espelta, quinoa, trigo sarraceno, kamut ou amaranto. Estes denominam-se integrais pois mantêm a fibra e os nutrientes do grão. Para que um grão seja considerado integral, é preciso que possua o farelo, a película, o endosperma e o gérmen. O farelo e a película são ricos em fibra, vitaminas do complexo B, proteína e minerais; o endosperma constitui uma excelente fonte de energia para o corpo, pois fornece hidratos de carbono complexos; e o gérmen, rico em minerais, vitaminas e fitonutrientes. Uma alimentação completa, variada e equilibrada,

Devido ao síndrome do cólon irritável e às sensibilidades alimentares que isso me tem causado, sobretudo ao glúten, tenho uma preocupação constante com o que como e as misturas que faço. Apesar de a alimentação ser uma presença muito ativa no meu dia a dia, sinto que tenho em mãos um desafio constante para não me sentir mal com as combinações que faço ou para que não tenha carências nutricionais. Quando o cansaço é presença constante, a imunidade baixa muito e começo a ficar com a pele mais baça já sei que preciso de fazer um reforço nutricional pois atingi