Escolhas alimentares Tag

A minha convidada de hoje é uma pessoa que me é muito querida e com quem já trabalho há alguns anos. Desde sempre que foi a pessoa que escolhi para tratar do design da minha marca, é mãe de duas miúdas cheias de pinta e uma empreendedora nata. Fundadora da Lance onde ajuda a desenvolver conceitos e imagens de marca e da Lance Academy desenhada para formar em várias áreas relacionadas com empreendedorismo e negócios, tem também um blog onde escreve com uma perspetiva mais pessoal sobre o seu dia a dia e, recentemente, fundou a PAL, com os chapéus mais giros que por ai há. Começa por

            Neste episódio irei abordar a saúde mental, não de uma perspetiva emocional, mas ligada à alimentação e estilo de vida. Em Portugal, a prevalência anual de perturbações mentais é de 22,9%. Simultaneamente, somos o maior consumidor europeu de benzodiazepinas e dos países europeus com valores mais relevantes de toma de antidepressivos e de bebidas alcoólicas.             A promoção da saúde mental está presente desde o início da nossa vida, estando associada a vários fatores como a alimentação. Estudos têm mostrado a relação da alimentação com a capacidade de memória, concentração, saúde mental e por isso devemos dar mais atenção aos alimentos que

A cronobiologia é uma ciência que se dedica ao estudo da relação entre o tempo cronológico e o nosso ritmo biológico e dos problemas que resultam da desregulação de ambos. Esta é uma ciência recente, mas que começa cada vez mais a ser valorizada e neste podcast procuramos compreender o porquê!  Em primeiro lugar explicar que o tempo cronológico designa as horas e os dias, enquanto o ritmo biológico que também podemos designar por ritmo circadiano é o período diário sobre o qual se baseia o ciclo biológico dos seres vivos e que é influenciado pela variação de fatores diretos como

Neste episódio falo-vos das principais razões que nos fazem desviar do processo de perda de peso e o que faz não atingir os nossos objetivos e desmistifico alguns conceitos relacionados com a perda de peso.             Durante este processo, é necessário conseguir manter-se fiel ao plano e saber ultrapassar alguns desafios do dia a dia, são estes: os fins de semana e dias de festa, sendo essencial ter consistência e disciplina nas refeições livres e fazer apenas uma por semana; a quantidade exagerada de hidratos de carbono (pão, papas de aveia, panquecas) e, por isso, aconselho a pesar para ter noção das

            Durante os períodos de isolamento, vários são os pacientes que nos chegam com descontrolos da alimentação normal como dificuldades em controlar a alimentação, que cozinham mais e acabam por comer mais ou, que sofrem de alguma compulsão alimentar. Por estes motivos, neste episódio tenho como convidada a Alexandra Barros, psicóloga, psicoterapeuta, neuropsicóloga, amante de culinária e autora da página “Dona Quinoa”, que nos vem falar de como perceber se temos fome emocional ou se sofremos de alguma compulsão alimentar, como devemos proceder nestas situações, como detetar quais são os nossos sintomas ou os “gatilhos” para estes comportamentos e definir estratégias

Neste episódio tenho como convidada a Inês, uma especialista em finanças, que nos vem falar das finanças no que toca à alimentação, à gestão do orçamento para comer em casa ou fora e desmistificar o conceito de que a alimentação saudável é mais cara. Como primeiro passo, é importante termos noção do quanto é que estamos a gastar em alimentação e, para isso, a Inês dá-nos algumas dicas para sermos mais organizados e fazer uma alimentação mais consciente e de encontra aos nossos objetivos financeiros.              Começa por nos contar sobre o seu percurso profissional e da criação do seu blog “Mais

Neste episódio vou abordar um tema que ainda suscita muitas dúvidas e partilhar com vocês a minha maneira de interpretar um rótulo alimentar e o que mais me preocupa. Irei ter como critério de seleção, rótulos de produtos recomendáveis, e não fazer uma comparação entre produtos.              Quando olhamos para um produto, devemos ter em atenção dois parâmetros: a lista de ingredientes e a tabela nutricional. Na lista de ingredientes devemos ter em consideração a ordem em que os ingredientes aparecem listados, quais os ingredientes que a compõem, se são reconhecíveis e quais os nutrientes que posso retirar dos mesmos. Devemos procurar

ENTRETANTO NA NiT