marta magrico Tag

Estamos em contagem decrescente para o novo ano, e é nesta altura que começamos por fazer um balanço do que foi o ano de 2018 e do que gostaríamos que fosse o ano de 2019. Criam-se várias resoluções, nem todas exequíveis! E se uma das resoluções do ano novo fosse descomplicar a temática da alimentação saudável e equilibrada para a família? É de extrema importância que os pais ensinem os filhos a optar, desde cedo, por uma alimentação saudável e a cuidar da sua saúde de forma preventiva para que cresçam com um bom desempenho físico e intelectual. Que tal começarmos por

Adoro o Natal desde sempre! Acredito que todos os dias devemos mostrar a quem nos rodeia o quanto nos preocupamos, o quanto queremos cuidar e o quanto gostamos dessas pessoas! Mas por norma o Natal é a altura do ano em que o fazemos de forma mais espontânea, não é? Então, para mim não existe melhor maneira de mostrar isto tudo do que através de presentes feitos por nós! E é melhor ainda quando estes presentes podem ser feitos com os miúdos: é um dois em um, porque por um lado estamos a entretê-los e por outro, já que os miúdos

Quem já tem ou teve as crianças constipadas, com narizes entupidos e febre ponha a mão no ar! Sabiam que dados de estudos com crianças europeias demonstraram que estas ficavam constipadas ou com gripe cerca de 6 a 12 vezes por ano? Não será de admirar que a maioria das vezes os sintomas foram mais expressivos durante o outono e inverno. Assim, é importante perceber que manter as defesas do organismo das crianças saudáveis vai diminuir a incidência e a severidade dos sintomas de novas doenças. Então, de que forma se podem estimular naturalmente as defesas do organismo? Através da ingestão de: Alimentos ricos

Enquanto mãe e nutricionista procuro dar a melhor alimentação à minha família. E como é que faço isso? Tentando dar-lhes sempre os produtos frescos da época, ou seja, os hortícolas e fruta da estação que são mais ricos nos nutrientes que eles vão precisar nessa altura do ano. Para além disso, se repararem são mais em conta para a nossa carteira. Quando se está a gerir um orçamento familiar é um ponto a favor! No entanto, as crianças coseguem trazer sempre novos desafios aos pais no que toca à alimentação. Ou não querem experimentar os alimentos, ou dizem que não gostam sem

As náuseas são dos sintomas mais frequentes no início de uma gravidez e que condicionam a qualidade de vida das futuras mães. Cerca de 70% a 80% das mulheres são afetadas durante o primeiro trimestre, sendo o pico entre a 9ª e a 16ª semana de gestação. Apenas cerca de 10% das mulheres é afetada durante toda a gravidez até ao momento do parto. A causa das náuseas permanece desconhecida. No entanto, sabe-se que tem origem multifactorial e que fatores genéticos, endócrinos e infecciosos podem estar associados às mesmas. Por norma os sintomas persistem ao longo do dia e, neste sentido, a

Baby-led weaning (BLW) basicamente significa que deixamos os nossos bebés alimentarem-se sozinhos desde o primeiro momento da diversificação. Significa que lhes vamos oferecer alimentos sólidos em vez de purés de fruta e sopa, e que vamos deixá-los comer o que quiserem na quantidade que quiserem. De acordo com as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS) este método pode ser encorajado a partir dos seis meses de idade (até lá, se possível, devemos privilegiar a amamentação exclusiva), uma vez que de acordo com estudos recentes os bebés procuram por alimentos desde esta idade. Apesar de apresentar benefícios físicos e emocionais, este é

ENTRETANTO NA NiT