perda de peso Tag

Está a tentar reduzir a ingestão de arroz, batata ou massa às refeições e já anda sem ideias? Hoje deixo-lhe 20 acompanhamentos nutritivos e deliciosos, com poucas calorias, que poderá fazer para as suas refeições do dia a dia. Legumes Salteados com Açafroa dos AçoresAssado de Brócolos e Batata DoceSalteado de Bimis com Cogumelos e BalsâmicoSalada Espiralizada de Curgete com Abacate e RabaneteQuinoa com Frutos Secos e CurcumaCouve Flor com LaranjaSalada de grão e couscousAbóbora, beterraba, cogumelos e batata doce no fornoSalada Quente de OutonoEsparguete de Curgete e CenouraLegumes na Wok (chuchu, cenoura e pimento)Legumes estufadosLegumes Salteados com VinagreSalada de Quinoa

Neste episódio falo-vos das principais razões que nos fazem desviar do processo de perda de peso e o que faz não atingir os nossos objetivos e desmistifico alguns conceitos relacionados com a perda de peso.             Durante este processo, é necessário conseguir manter-se fiel ao plano e saber ultrapassar alguns desafios do dia a dia, são estes: os fins de semana e dias de festa, sendo essencial ter consistência e disciplina nas refeições livres e fazer apenas uma por semana; a quantidade exagerada de hidratos de carbono (pão, papas de aveia, panquecas) e, por isso, aconselho a pesar para ter noção das

3 formas simples de dar a volta às suas hormonas e perder peso de forma saudável Já tentou perder peso cortando nas calorias? Conseguiu? Quanto tempo consegui manter o peso perdido? Muitas pessoas se queixam da dificuldade que têm em manter o peso a longo prazo. Mesmo sabendo a teoria e o que devem fazer para perder o peso, não conseguem deixar de sentir fome, vontade de comer, controlar o que comem nas festas etc

5 Melhores apps para quem quer perder peso Na minha opinião, a perda de peso tem que se integrar num estilo de vida mais saudável. Para isso é importante termos em conta o nosso plano alimentar, o valor nutricional dos alimentos, a nossa ingestão de água e o nosso gasto energético ao longo do dia. Além disso, como acho fundamental que uma alimentação saudável seja saborosa e que nos permita manter a nossa vida social normal, considero importante testarmos receitas equilibradas e diferentes para variarmos a nossa alimentação, e tentarmos escolher restaurantes que se adaptem ao nosso processo de perda de

Não somos máquinas. Somos pessoas que têm muito em que pensar no seu dia-a-dia: trabalho, família, amigos… tudo isto desperta emoções que podem dificultar o processo de perda de peso. Por esta razão, a nossa motivação oscila durante o processo e torna-se fundamental saber lidar com as frustrações e manter o foco. Existem algumas estratégias que nos ajudam nos momentos em que não nos sentimos tão motivados:  Aceitar e respeitar o corpo : O primeiro passo de qualquer processo de perda de peso é a consciencialização de que cada indivíduo é diferente e tem as suas particularidades. Aceitar o corpo é fundamental

Chegámos á época do ano em que se instala o pânico em todas as pessoas com uma vida social ativa mas que querem manter o peso saudável. A época do natal é caracterizada por muitos excessos alimentares, por isso, trouxe-vos uma abordarem para experimentarem durante este mês e conseguirem chegar ao novo ano com o mesmo peso, ou talvez menos e, quem sabe, até com menos massa gorda. O jejum intermitente não é uma dieta mas sim um padrão alimentar. É uma forma de agendar as refeições por forma a conseguir tirar o máximo partido dela. Não muda o que come

É certo e sabido que o stress em demasia nos faz engordar porque: Aumenta a produção de cortisol que nos faz ter vontade de comer alimentos calóricos como salgados ou doces. Faz com que acumulemos mais gordura abdominal. Além deste desequilibrio no peso, o stress excessivo provoca: Oscilações de humor com predominante irritabilidade; Impaciência; Ansiedade; Descompensações físicas (ex: irritações cutâneas, queda de cabelo, distensão abdominal, flatulência, dores de cabeça constantes e muitos outros) Por isso, 2017 foi um ano em que tentei reduzir o stress na minha vida de forma gradual. E não foi fácil. Para uma verdadeira workaholic como eu, nos