podcast Tag

Neste episódio tenho como convidada a Mafalda Ramos, especialista em Ayurveda, uma ciência milenar. A Mafalda sempre quia ser veterinária, mas aos 16 anos teve um evento de anorexia e, quando começou a recuperar, tornou-se obcecada pela alimentação e decidida a seguir nutrição, para conhecer os alimentos e os seus efeitos no nosso corpo, licenciando-se em anatomia patológica. Contudo, aos 22 anos teve diabetes e começou a tentar tratamentos milagrosos para a sua compulsão alimentar e foi aí que descobriu a sua paixão pela Ayurveda.              A Ayurveda é a ciência que nos leva a estar conectados connosco e com o que

Neste episódio tenho como convidada, novamente, a Ana Isa Rocha, enfermeira e terapeuta de medicina chinesa, que nos vem falar dos óleos essenciais e de todos os efeitos que estes têm sobre nós. Um óleo essencial é um composto/mistura de compostos naturais que são voláteis, no fundo, são as propriedades terapêuticas e defensoras da planta. Essas moléculas são lipossolúveis, daí absorvermos tão bem as suas propriedades.              Na aplicação de um óleo essencial recomenda a mistura com um óleo vegetal de qualidade, porque além de trazer propriedades benéficas, ajuda na melhor absorção, caso contrário, apenas 4% do óleo seria absorvido. A nível

Depois de tanto me pedirem para falar sobre exercício fisico e alimentação que devemos fazer em função disso, resolvi trazer uma amiga que me é muito querida, especialista no tema, para nos ajudar a esclarecer todas as dúvidas. A Milene Faustino  é personal trainer e, neste episódio, responde a todas as questões que vocês tanto me colocam:- Que tipo de exercício será melhor para perder peso?- Devo fazer treino de cardio antes ou depois da musculação?- Quantas vezes por semana preciso de treinar para ter resultados?- Se fizer só musculação vou ficar "grande"?- Quais são os melhores exercícios para perder massa

Neste episódio tenho como convidada a Vera Gomes, coach, membro da equipa e uma amiga de longa data. É a única da equipa que não é nutricionista e dá muito apoio nos acompanhamentos.              Com o confinamento, muitas pessoas estão a ser afetadas pela falta da relação humana, mas ao mesmo tempo, existe quem comece a ver isto de uma outra forma e oportunidade de mudar, passando a poder trabalhar com mais liberdade e flexibilidade. Não conseguimos controlar o vírus nem a pandemia, mas conseguimos controlar tudo o que vem de nós.              A Vera planeia a sua agenda semanal, mas sempre pensando que

A minha convidada deste episódio nasceu na África do Sul, cresceu em Moçambique e mudou-se para Portugal com 18 anos. A Joana foi diagnosticada com uma doença autoimune aos 10 anos, tendo começado a ser acompanhada por um Naturopata e poucos meses depois a sua doença estagnou, fazendo-a perceber a importância que a nutrição tem na saúde. Uma doença autoimune, geralmente, é ativada por um trauma emocional, portanto, tanto o emocional como o físico têm de estar em boas condições.              Começa por nos contar o seu percurso profissional, desde os vários cursos que tirou até ter chegado ao curso com que

A minha convidada é médica, autora do livro “Saúde para Elas, o kit de sobrevivência para a mulher”. Neste episódio iremos abordar as medicinas mais funcionais, a medicina anti-aging (anti-envelhecimento), o impacto do stress no nosso dia a dia, como perceber se podemos ter alterações hormonais ou não, a importância da testosterona nos homens e de que forma esta pode impactar a capacidade de tomada de decisões, memória, etc.              A Andreia começa por nos falar do seu percurso, porque se especializou mais nesta área e o que mais gosta de trabalhar, dizendo-nos que se dedicou à medicina anti-aging, em que o

Neste episódio vou focar nas preocupações das mulheres e nas dúvidas que lhes surgem, tais como: cessação da pilula, regulação do ciclo menstrual, fertilidade, fome emocional, menopausa, que são presenças constantes nas minhas consultas.              Na maior parte dos países, há alguma disparidade de resultados entre a esperança média de vida, dentro dos 2 géneros, sendo que as mulheres têm sempre esperança média de vida maior do que os homens. A grande questão é, sobretudo, se estes anos extra de vida, que as mulheres têm, se são passados com saúde e com boa qualidade ou não. É muito importante termos uma noção

A minha convidada deste podcast enquadra-se nos conceitos de mindful-eating, intuitive-eating, ter mais consciência e presença na nossa alimentação, aprender a ouvir o corpo e as nossas necessidades, abafar os sentimentos da fome emocional e de compulsão alimentar, tomar controlo face à nossa alimentação sem nos repreendermos.              A Cláudia tem um podcast que se chama “Oficina” e um projeto que é o “Holistica”, onde procura olhar para o estilo de vida como um todo. Para além disso, é health coach, portanto o seu trabalho é focado na alimentação, meditação e exercício físico. Antes de ter esta mentalidade de alimentação intuitiva, no

Neste episódio tenho como convidada a Oksana, psicóloga que mais tarde tirou o curso de health coach e que hoje trabalha no seu blog “Dicas da Oksi”, onde faz inúmeros workshops, formações, e-books e livros de receitas. Quando foi viver para o Porto, para tirar o seu curso, começou a mudar a sua alimentação, começando a reduzir o consumo de carne, até que a removeu totalmente da sua dieta.             O nosso intestino tem imensas bactérias que vão fermentar os alimentos, mas para que elas sejam capazes de cumprir a sua função, é necessário que sejam alimentadas.  Os alimentos fermentados têm um sabor

Para o reforço do sistema imunitário, a base é ter uma alimentação saudável!             Na imunidade, existem dois tipos de resposta imunológica, a inata, que nasce com a pessoa e é uma resposta extremamente eficiente e rápida, sendo a nossa primeira linha de defesa (pele, intestino), e a adquirida, que é mais especifica e só é estimulada quando em exposição a um elemento estranho. O intestino é das nossas principais defesas, mas também das que mais descuidamos, ou por não lhe darmos a devida atenção, ou por não lhe darmos o devido valor. É no intestino que temos cerca de 70% das

ENTRETANTO NA NiT