sistema imunitário Tag

Com a chegada do Outono alteram-se os hábitos alimentares e o ritmo do organismo, há mais tendência para consumir uma maior quantidade de alimentos e, por vezes, estes não são, de todo, os mais indicados. Aproveite os alimentos que surgem nesta época para fortalecer o sistema imunitário e dar-lhe energia, sem fugir à sua alimentação habitual: Abóbora: A abóbora é a hortícola mais versátil da sua cozinha. Pode ser consumida cozida, assada, base para bolos e sopa, entre muitas outras. Para além do seu baixo valor energético, fornece vitamina A e carotenos (que contribuem para melhorar a saúde dos seus olhos e

A dieta é uma das principais influências na microbiota (microrganismos que se encontram no intestino) intestinal e muitas das bactérias que são ingeridas podem unir-se temporariamente a esta afetando, possivelmente, o seu comportamento. A fermentação dos alimentos é um processo usado desde há milhares de anos como uma forma de preservar alimentos. Este processo é realizado por microrganismos (como bactérias) ou células presentes nos produtos lácteos, nos vegetais ou até mesmo nos chás (como é o caso do Kombucha). Estas bactérias encontram-se em grande quantidade nestes alimentos fermentados sendo denominadas por probióticos. Os probióticos têm uma série de efeitos benéficos

Querem uma receita ideal para fazer ao pequeno-almoço ou ceia, bem quentinha e que vos reforça o sistema imunitário neste frio? Aqui está! A Ashwagandha tem muitos nomes – ginseng indiano, padalsingh e cereja do inverno são apenas alguns.  As suas raízes e o fruto laranja-avermelhado são utilizados há centenas de anos para fins medicinais sobretudo na medicina Ayurveda. Alguns estudos têm associado a Ashwaganda com a proteção contra o cancro e até a protecção contra a degeneração das funções tiroideias. Mas como nem todos os estudos são muito conclusivos, o que podemos ter como certeza é que contém um elevado valor

Quem já tem ou teve as crianças constipadas, com narizes entupidos e febre ponha a mão no ar! Sabiam que dados de estudos com crianças europeias demonstraram que estas ficavam constipadas ou com gripe cerca de 6 a 12 vezes por ano? Não será de admirar que a maioria das vezes os sintomas foram mais expressivos durante o outono e inverno. Assim, é importante perceber que manter as defesas do organismo das crianças saudáveis vai diminuir a incidência e a severidade dos sintomas de novas doenças. Então, de que forma se podem estimular naturalmente as defesas do organismo? Através da ingestão de: Alimentos ricos

ENTRETANTO NA NiT